Notícias

Programa Minha Biblioteca distribui 2 milhões de livros em 2021

Destinado ao incentivo de leitura entre os estudantes da educação infantil e fundamental da rede municipal de ensino, programa entregará os livros através das unidades de ensino

Publicado em: 20/04/2021 22h35 | Atualizado em: 22/04/2021
garota lendo livro

Criado como um espaço destinado à promoção e democratização da leitura, o programa Minha Biblioteca, da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME), oferece às crianças que frequentam as unidades da rede pública de ensino uma alternativa simples e gratuita de acesso à Cultura.

Voltado aos alunos da educação infantil e do ensino fundamental, atualmente o Minha Biblioteca disponibiliza cerca de 2 milhões de livros dos mais variados temas. Esse número aumentou a partir de 2021, com o acréscimo de crianças que frequentam as unidades de educação infantil parceiras. A intenção é permitir que os estudantes se familiarizem cada vez mais com os livros e componham seus acervos literários pessoais. Cada estudante recebe dois livros por ano, escolhidos de acordo com sua faixa etária, que já começaram a ser entregues pelas escolas onde estão matriculados.

O programa foi criado em 2007, e inicialmente se destinava apenas aos alunos de ensino fundamental. Essa fase durou até 2011. Foi retomado a partir de 2018, já abrangendo também a educação infantil. Em 2019, o Minha Biblioteca foi regulamentado pela instrução Normativa SME nº 10.

A escolha das obras distribuídas não é aleatória. Desde 2010, é aberto um edital para seleção dos livros oferecidos pelas editoras. A Secretaria, por meio uma comissão de avaliadores do Núcleo de Sala e Espaço de Leitura, faz uma seleção cuidadosa, a partir de critérios estabelecidos previamente. Para o próximo edital, a intenção da Secretaria é incluir entre os membros do comitê de avaliação representantes da sociedade civil.

Entre os títulos selecionados para serem entregues às crianças em 2021 estão “Um Buldogue Francês”, “O Muro no Meio do Livro”, “A Menina que Abraçava o Vento”, “Princesa de Coiatimbora”, “Um Dia Um Rio, Grande Circo Favela”, “Meu Amigo Lázaro”, “O Meu Coração está Sempre em Viagem”, “A Princesa que Não Queria Aprender a Ler”, “Os Reis do Parquinho”, “As Babuchas de Abu Kasem”, “O Black Power de Akin”, “Desencontros”, “O Professor Sabe Tudo e as Respostas de João Grilo”, “Sona – Contos Africanos Desenhados na Areia”, “Tantãs”, “Pantera Negra: O Jovem Príncipe”, “Pão Feito em Casa”, “Poemas para Jovens Inquietos”, “Refugiados”, “Sherlock: o Ultimo Adeus de Sherlock Holmes” e “Zagaia”.

 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Estudante do Imprensa Jovem opera equipamentos de rádio.
Imagem mostra estudantes da EMEF Marechal representando a Prefeitura de SP em Torneio no Clube Paulistano em 2019

Projeto que ensina xadrez completa dez anos na EMEF Marechal

Publicado em: 14/06/2021 2h48 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem possui quatro quadrantes cada um com um tabuleiro de Jogo da Onça diferente.

Saem os premiados do II Concurso do Jogo da Onça 2021

Publicado em: 11/06/2021 8h13 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de duas meninas sentadas lado a lado com um livro sobre suas pernas. Elas estão em uma área externa com árvores ao fundo, sentadas sobre um brinquedo de madeira e olham para o livro. Na parte superior centralizada, o texto: Sala de Leitura: vivências, saberes e práticas
Imagem mostra a silhueta de uma cabeça e o cérebro, ambos em tons de azul, ao redor vários símbolos coloridos que se conectam ao cérebro.
1 2 3 1.166