Notícias

Programa Amigos do SAMU

Iniciativa promove, em unidades educacionais, atividades de prevenção ao trote telefônico para serviços de emergência

Publicado em: 22/02/2016 13h29 | Atualizado em: 30/11/2020

samu_sp2_740_x_430.jpg

O Núcleo de Educação em Urgência do SAMU realiza um trabalho com crianças e adolescentes de prevenção ao trote (telefônico) para serviços de emergência.

O “Programa Amigos do SAMU” nas escolas tem o objetivo de sensibilizar as crianças e a comunidade escolar sobre a importância e os objetivos do SAMU, a forma correta de utilização do serviço e os riscos do trote.

O programa foi colocado em prática pelo Núcleo de Educação em Urgência através do corpo de instrutores e funcionários do próprio serviço, que realizam as atividades nas escolas públicas e privadas da cidade de São Paulo. No ano em que o programa foi implantado, em 2008, o SAMU-SP recebia 30% de trotes. Hoje, o serviço recebe 4,69% de trotes.

Agendamento – Para a escola receber a visita do SAMU-SP, basta enviar uma solicitação para o e-mail: samueducacao@prefeitura.sp.gov.br

Como é desenvolvido o programa? – O público-alvo do programa são crianças e adolescentes a partir do Ensino Fundamental I e a comunidade escolar (pais, responsáveis e funcionários).

O SAMU-SP conta com uma ambulância destinada exclusivamente para treinamentos e projetos desenvolvidos com a comunidade, como o Programa Amigos do SAMU. Ela é semelhante à utilizada no atendimento normal. Um dos instrutores do Núcleo de Educação em Urgência juntamente com um auxiliar de enfermagem e um condutor de veículo de urgência do serviço vão com a ambulância até a escola que foi agendada para o evento.

Chegando ao local, as crianças são reunidas no pátio da escola ou em alguma outra área onde seja possível realizar a atividade. A partir daí, a equipe inicia uma conversa com as crianças, levantando as informações que elas possuem sobre o SAMU. Há explicações sobre o que é o SAMU, qual a forma de acionamento e quais situações em que deve ser acionado o serviço.

Após este primeiro contato, as crianças são convidadas a participarem de uma pequena simulação de um atendimento que o SAMU realiza. Uma delas é escolhida como “vítima”. A professora simula ligação para o número 192 e faz o acionamento fictício. Após alguns segundos, a ambulância chega ao local com a equipe que irá socorrê-la. Esta ambulância que até então estava escondida, entra com seus luminosos e sirene em franca atividade. A criança é atendida pela equipe, imobilizada e colocada na prancha e transportada dentro da ambulância. Se o espaço da escola permitir, é realizado um “passeio” com ela de ambulância. Após esta apresentação, o “papo” fica mais sério e então o instrutor fala sobre a importância do serviço, os riscos do trote e as consequências para todos: serviço e comunidade.

As atividades são encerradas com uma visita das crianças à ambulância e o manuseio de materiais e equipamentos. Ao término das atividades, as crianças recebem um folheto explicativo do Programa Amigos do SAMU para levarem para casa e a escola recebe um certificado de “Escola Amiga do SAMU”.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Estudantes tocando trompete
Fotografia de estudantes sentados em roda em momento de leitura. Ao fundo, na parede há uma pintura de par de asas onde se lê

EMEF Professor Antônio Duarte promove segundas-feiras literárias

Publicado em: 10/06/2024 12h23 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de uma mão segurando um lápis sobre uma folha de respostas.

Provas para o Vestibulinho da ETEC – 2º Semestre de 2024 acontecem neste domingo (09)

Publicado em: 07/06/2024 4h51 - em Secretaria Municipal de Educação

441b66e8 A593 44ad 9a0b 443264c551ea
Figura em tons beges com desenhos de

Curso sobre Arquivos Públicos Municipais acontece nesta segunda-feira (10) na Câmara Municipal

Publicado em: 07/06/2024 2h29 - em Secretaria Municipal de Educação

1 3 4 5 6 7 1.460