Notícias

Professor da CEU EMEF José Saramago ganha segundo lugar no Prêmio Professor em Destaque

Renato Fagundes recebeu homenagem por seu projeto “Cartões Postais: Nosso Jeito de Voar!”

Publicado em: 16/11/2016 12h41 | Atualizado em: 30/11/2020

professor_em_destaque_740_x_430.jpg

O segundo lugar do Prêmio Professor em Destaque, no qual a Secretaria Municipal de Educação homenageia os trabalhos desenvolvidos no ano de 2015, foi para um professor da Zona Sul de São Paulo, no Capão Redondo.

O professor de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Renato Fagundes, de 34 anos, foi condecorado por seu projeto “Cartões Postais: Nosso Jeito de Voar!”. Ele, que dá aula na CEU EMEF José Saramago, unidade escolar do CEU Capão Redondo, para o 2° ano, diz que a ideia desse trabalho surgiu, quando em uma viagem para Salvador (BA) enviou um catão postal para seus alunos, que demonstraram curiosidade para estudar mais sobre a localidade do cartão.

A curiosidade dos alunos, por sua vez, fez com que ele elaborasse um projeto para satisfazer a dúvida de seus alunos, como afirma Renato. Através de seu perfil de uma rede social, e o perfil da EMEF, o Professor solicitou para que amigos, familiares, pais, funcionários e outros educadores enviassem cartões postais para que estes fossem analisados em sala de aula.

“Chegava o cartão, a gente estudava o que nós, eu e os alunos, queríamos saber sobre o local”, disse Renato. Com mais de 200 cartões recebidos, de localidades nacionais e estrangeiras, Renato relata que o projeto atingiu um nível de engajamento inesperado dentro da EMEF. “Não foi só uma análise da parte geográfica, Foi muito além disso. Foi um projeto interdisciplinar”, completou.

Renato afirma que outros professores também decidiram embarcar no projeto, cada um com a sua especialidade: o Professor de leitura ajudava trazendo contos e mitos da localidade; o Professor de Educação Física falavam sobre as danças e brincadeiras do lugar; o Professor de Matemática falava sobre a moeda; e a Professora de Inglês ajudava na tradução de alguns cartões. “Foi tudo muito espontâneo. Quando a gente percebeu, já estava tudo muito amarrado, deslanchando”, contou o professor.

Ensinamentos do projeto – O maior ensinamento do trabalho, para Renato, foi fazer com que seus alunos do 2° ano da EMEF viajassem sem sair do lugar. “Na minha cabeça, fica que eles não ficam mais presos no Capão. Que eles podem conhecer e sonhar com coisas muito mais distantes”, avaliou.

Tatiana Cintra, Assistente de Direção da CEU EMEF José Saramago desde 2014, também pensa como Renato. “Nós que trabalhamos com crianças de periferia, sabemos que eles ficam muito presos dentro do muro, então proporcionar essa vivência, de conhecer outros lugares, mesmo que por cartão postal, é gratificante”. Na opinião dela, o trabalho fez com que seus alunos ganhassem asas à imaginação.

Motor do projeto – Após mais de um ano da realização do projeto, Renato conta que, para ele, um dos maiores motivos do sucesso do “Cartões Postais: Nosso Jeito de Voar!”, foi a curiosidade de seus alunos. “Se não tivesse se motivado pela curiosidade, se todo mundo estivesse acomodado, não teria acontecido”, relatou o Professor. Ele cita um exemplo da curiosidade de seus alunos, quando eles receberam, na sala de aula,um cartão vindo da África do Sul. “Os alunos chegaram até a pedir uma aula sobre Nelson Mandela porque eles queriam saber mais sobre”, contou Renato. 

Sobre ganhar o prêmio – “Eu sinceramente não acreditava que o projeto poderia ganhar prêmio algum”, confidenciou Renato. Ele contou que houve um momento de indecisão para inscrever o seu projeto no Prêmio Professor em Destaque, mas que, com incentivo dos colegas da EMEF Saramago, ele deixou o seu trabalho para avaliação.

No entanto, o Professor dá os méritos a seus alunos. “Fico contente, mas o mérito é dos meus meninos, eles que fizeram a maior parte do trabalho”, diz. Além disso, ele ressaltou que sem a curiosidade dos alunos, sem o alcance que as postagens na rede alcançaram, e o auxílio de seus colegas e a Diretoria Regional de Educação (DRE) do Campo Limpo nada disso seria possível também.

Para a EMEF CEU José Saramago, o segundo lugar de Renato no Prêmio Professor em Destaque foi muito importante para motivar os educadores de dentro da escola a acreditarem em seus projetos, como relatou Tatiana. Não só para incentivar, mas também para aumentar o espírito de equipe: “é gratificante ganhar o prêmio porque nosso trabalho tem sido esse: trabalhar em equipe para criar uma identidade da EMEF Saramago”, afirmou a Assistente de Direção.

Veja mais imagens aqui.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

mão feminina preenchendo gabarito de prova de concurso
Imagem de uma professora sentada do chão. Ela segura um caderno com uma figura e mostra para a criança que está em pé em sua frente.

SME amplia em 1.068 o número de cargos para a Educação Infantil Municipal

Publicado em: 03/12/2021 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem mostra parte do corpo de duas pessoas. Uma está de camiseta cinza e segura em sua mão um termômetro apontado para o pulso da outra.

Programa “POT Volta às Aulas” da SME ganha prêmio do Tribunal de Contas de SP

Publicado em: 02/12/2021 4h55 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com mapa da cidade e meninas e meninos segurando equipamentos de comunicação como câmeras fotográficas, celulares e microfones.

Evento celebra 20 anos de Educomunicação na Rede Municipal de São Paulo

Publicado em: 02/12/2021 4h08 - em Secretaria Municipal de Educação

banner da Virada Esportiva 2021 - Movimente a vida

CEUs terão programação gratuita na Virada Esportiva

Publicado em: 01/12/2021 12h22 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.212