Notícias

Prêmio Paulo Freire recebe inscrições até 14 de julho

Reconhecimento das iniciativas voltadas ao aprimoramento da qualidade do ensino na escola pública municipal de São Paulo

Publicado em: 14/09/2017 11h07 | Atualizado em: 30/11/2020
Premio_Paulo_Freire_recebe_inscricoes_ate_14_de_julho_740_x_430.jpg

Anualmente, a Câmara Municipal de São Paulo promove o Prêmio Paulo Freire de Qualidade de Ensino Municipal. Em sua décima primeira edição, o prêmio tem como objetivo dar destaque a iniciativas voltadas ao aprimoramento da qualidade do ensino na escola pública municipal de São Paulo.

Podem realizar inscrição os educadores que tenham desenvolvido projetos que tenham contribuído para a melhoria do ensino em unidades educacionais da Rede Municipal de Ensino (RME) como Centro de Educação e Cultura Indígena – CECI, Centro de Educação Infantil – CEI, Centro Municipal de Educação Infantil – CEMEI, Centro Integrado de Educação de Jovens e Adultos – CIEJA, Escola Municipal de Educação Bilíngue para Surdos – EMEBS, Escola Municipal de Educação Infantil – EMEI, Escola Municipal de Ensino Fundamental – EMEF, Escola Municipal de Ensino Fundamental e Médio – EMEFM.

As inscrições poderão ser efetuadas até 17 horas do dia 14 de julho de 2017 e deverão ser entregues à Equipe de Eventos da Câmara Municipal de São Paulo, no Viaduto Jacareí, 100 – 3º andar, sala 321, Bela Vista – São Paulo – CEP 01319-900.

As inscrições serão efetuadas mediante a entrega de CD, DVD ou pen drive, devidamente identificados e serão efetivadas mediante recebimento de email de confirmação. Acesse e preencha o Formulário de inscrição.

A cerimônia pública de premiação será realizada no dia 18 de setembro de 2017, em Sessão Solene, na Câmara Municipal de São Paulo.

Premiados – No ano de 2016, os projetos premiados foram: em 1º lugar, o projeto“Círculo Literário de Itaquera: a poesia que fazemos, a poesia que somos”, coordenado pelo professor Daniel Carvalho de Almeida da EMEF Aurélio Arrobas Martins; o 2º lugar foi para o projeto “Alegrias de Quintal – autonomia, alegria e conhecimento”, com a professora Karina dos Santos Cabral da EMEI Jardim Monte Belo.; o terceiro lugar ficou com o projeto “EMEF Doutor Sócrates Brasileiro: Democracia se constrói nas escolas e no território com consciência política e participação”, que teve como responsáveis a Diretora Solange Aparecida Cabrito Amorim e o Professor Eliseu Marcolino Rosa Müzel, da escola com mesmo nome.

Faça o download do regulamento clicando aqui.

Notícias Mais Recentes

1 2 3 4 5 1.211