Notícias

Prefeitura fortalece qualidade da Alimentação Escolar

Medida permitirá parceria com nutricionistas para orientações às equipes dos Centros de Educação Infantil da Rede Parceira

Publicado em: 03/07/2019 18h52 | Atualizado em: 30/11/2020

merenda_740x430.png

A Secretaria Municipal de Educação (SME) anuncia mais uma iniciativa para fortalecer a qualidade da alimentação escolar que é oferecida às crianças matriculadas nos Centros Educacionais Infantis (CEIs) da Rede Parceira. A partir de agosto a medida permitirá que as unidades contem com a supervisão e orientação técnica de nutricionistas para as etapas de preparo do alimento, ação terá investimento de R$ 5 milhões.

Além disso, 128 EMEFs receberão neste ano mobiliário novo, com investimento de R$ 332 mil a Pasta irá retirar equipamentos que não são trocados desde 2013, melhorando mesas e bancos disponíveis na área de alimentação de EMEFs e em CEUs da cidade.

Para o secretário municipal de Educação, João Cury, a iniciativa reforça o compromisso com a qualidade da alimentação servida aos alunos da rede. “Estamos dando mais suporte técnico, tanto aos gestores destas unidades, quanto às equipes que estão no preparo diário de merenda, para que a alimentação dos alunos tenha cada vez mais qualidade, e mais que isso, estamos aprimorando o controle da qualidade dos serviços prestados no Programa de Alimentação Escolas do Município”, destacou João.

A iniciativa soma-se à descentralização da compra de alimentos destinados à alimentação de alunos. Esta medida prevê que as próprias CEIs da Rede Parceira comprarão alimentos como: frutas, legumes, verduras e ovos (FLVO), estimulando o comércio no entorno dessas unidades, permitindo que a direção de cada uma adquira os gêneros necessários, sempre respeitando os cardápios definidos pela Coordenadoria de Alimentação Escolar (CODAE). Além disso, houve o aumento de 3,85% no valor per capita repassado às entidades.

Os profissionais interessados deverão atender a requisitos técnicos, como possuir formação profissional comprovada em Nutrição e estar com inscrição ativa no Conselho Regional de Nutricionistas – 3ª Região (CRN-3).

Cada profissional que aderir à iniciativa deverá visitar a unidade mensalmente e cada encontro deverá ter duração máxima de três horas. Após a reunião com a equipe gestora e equipe de cozinha, o nutricionista deverá produzir um relatório, contemplando as providências e orientações fornecidas às equipes.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

bebês sentados em uma mesa de refeição

CEI Jardim Santa Tereza resgata história de funcionários e promove almoços culturais temáticos

Publicado em: 30/11/2021 12h25 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de professor escrevendo em lousa escolar

Prefeitura de SP abre cadastro para professores de Educação Infantil, Fundamental e Médio

Publicado em: 29/11/2021 5h38 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem mostra um celular sendo segurado por uma pessoa e outra mostrando um cubo ao fundo. Abaixo, um fundo verde e bege com o texto

SME realiza 2ª Semana de Tecnologias com palestras e oficinas

Publicado em: 29/11/2021 4h44 - em SME/NTC/NEER

Banner Dezembro Migrante

Dezembro Migrante contará com lives formativas para educadores

Publicado em: 29/11/2021 2h43 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia da cantora Monica Salmaso usando chapéu de caipira

Estudantes e educadores são convidados a participar de workshop online com a cantora Mônica Salmaso

Publicado em: 29/11/2021 11h59 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.211