Notícias

Prefeitura entrega os milésimos óculos para estudantes da Rede Municipal por meio do programa Ver na Escola

Ação acontece em parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e o Instituto Verter e atende estudantes de 4 a 15 anos matriculados nas escolas municipais da capital

Publicado em: 16/12/2022 16h17 | Atualizado em: 16/12/2022

 

Fotografia de um menino usando óculos. Ele olha para câmera comum leve sorriso.

Foto: Marcelo Pereira/SECOM

O prefeito Ricardo Nunes entregou nesta sexta-feira (16), no Centro Educacional Unificado (CEU) Quinta do Sol, na Zona Leste da capital, os milésimos óculos de 2022 por meio do programa Ver na Escola para estudantes matriculados na Rede Municipal de Ensino.

Durante todo o ano, foram atendidos mais de 12 mil estudantes de 11 CEUS, 11 EMEIs, 11 EMEFs e 3 CECIs, sendo que os que necessitam recebem os óculos gratuitamente.

Segundo o prefeito Ricardo Nunes, dos 12 mil alunos examinados, foi identificada a necessidade do uso dos óculos em mil. “Um número muito alto que nos fez ter um alerta. Estou conversando com as secretarias de Saúde e Educação para intensificarmos as ações na nossa Rede Municipal”, disse.

O programa prevê identificar, precocemente, problemas de visão em estudantes de 4 a 15 anos matriculados na Rede Municipal. O projeto é realizado por meio de um acordo de cooperação com o Instituto Verter e a Coordenadoria dos Centros de Educação Unificados (COCEU), por meio da Divisão de Gestão Democrática e Programas Intersecretariais (DIGP).

Na primeira etapa do atendimento é feita uma triagem com um tecnólogo oftálmico. Os estudantes que tiverem indicação passam, na segunda fase, com autorização dos pais, por um médico oftalmológico, que fará exames mais complexos para identificar possíveis patologias ou indicação para uso de óculos.

As crianças e adolescentes que apresentarem necessidade de usar óculos têm acesso aos óculos gratuitamente e os mesmos são entregues na unidade educacional em até 20 dias. O responsável vai com o estudante para buscar os óculos e faz o ajuste com o tecnólogo oftálmico.

Para o secretário de Educação, Fernando Padula, a necessidade do uso dos óculos, muitas vezes identificada tardiamente, é um fator que atrapalha a aprendizagem dos estudantes. “Por isso, nosso esforço conjunto em fazer com que este não seja um impeditivo do desenvolvimento de crianças e adolescentes matriculados nas escolas municipais da capital”, afirmou.

Histórico

Desde 2018, a SME e o Instituto Verter possuem um acordo de cooperação para promover o projeto de atendimento oftalmológico para crianças e adolescentes da Rede Municipal. Do início do programa até dezembro de 2022, mais de 33 mil estudantes foram atendidos e mais de 3.800 óculos entregues gratuitamente.

 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

1 2 3 1.310