Notícias

Prefeitura de SP realiza triagem oftalmológica em 20 mil estudantes de 15 CEUs pelo programa Ver na Escola

Crianças e adolescentes que tiverem indicação vão ganhar óculos; todo o atendimento será somente feito nos CEUs

Publicado em: 07/07/2022 11h43 | Atualizado em: 07/07/2022
Profissional sentada em frente a um aparelho oftalmológico e do outro lado da máquina um estudante com o rosto apoiado no aparelho.
Exames ajudam a apontar se as crianças têm necessidade de uso de óculos.

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, e o secretário de Educação, Fernando Padula, acompanharam nesta quinta-feira (7) o programa Ver na Escola, que prevê identificar, precocemente, problemas de visão em estudantes de 5 a 16 anos matriculados na Rede Municipal. A visita ocorreu no CEU Jaguaré.

A ação é realizada por meio de um acordo de cooperação com o Instituto Verter e a Coordenadoria dos Centros de Educação Unificados (COCEU), por meio da Divisão de Gestão Democrática e Programas Intersecretariais (DIGP).

A expectativa é atender neste ano 20 mil alunos das EMEIs e EMEFs de 15 CEUs. Na primeira etapa do atendimento é uma triagem feita com um técnico oftálmico. Os estudantes que tiverem indicação vão passar, na segunda fase, com autorização dos pais, por um médico oftalmológico, que fará exames mais complexos para identificar possíveis patologias ou indicação para uso de óculos.

Sala de triagem oftalmológica com mesas e cadeiras. Estudantes são avaliados por profissionais.
Técnicos avaliam condições oftalmológicas das crianças.

As crianças e adolescentes que apresentarem necessidade de usar óculos poderão escolher as armações no mesmo dia. Elas terão acesso aos óculos gratuitamente no período de até um mês, depois da consulta. Todo o atendimento será feito nos CEUs.

O Instituto Verter leva para os CEUs os equipamentos e profissionais necessários para a realização de todas as etapas.

O secretário Fernando Padula reforçou a importância de a Prefeitura fornecer todas as garantias e apoio para que os estudantes consigam aprender. “A questão da saúde está totalmente ligada à educação e um problema oftalmológico não pode ser impeditivo para que as nossas crianças e adolescentes possam estudar e evoluir.”

Primeira infância
As crianças de 0 a 3 anos também estão passando uma avaliação oftalmológica. Neste caso, elas também são avaliadas por um técnico com objetivo de identificar precocemente doenças como câncer nos olhos.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de crianças em um ambiente escuro brincando com luzes, lanternas e objetos luminosos

CEI Parque Fernanda cria espaço na unidade para crianças terem Experiências com Luzes

Publicado em: 29/09/2022 3h25 - em Secretaria Municipal de Educação

CACS FUNDEB - Conselho de Acompanhamento e Controle Social do FUNDEB.

SME abre inscrições para compor conselho que vai fiscalizar uso da verba do Fundeb

Publicado em: 28/09/2022 5h06 - em Secretaria Municipal de Educação

Menina olha para tabuleiro de xadrez e movimenta uma peça com sua mão direita.

Cerca de 2 mil estudantes participam da Final Municipal de Xadrez Individual

Publicado em: 27/09/2022 4h50 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia mostra as mãos com um punhado de terra próximas de um broto de árvore que está no centro da imagem. Ao fundo, raios de sol sol e folhas verdes desfocados.

SME abre inscrições para curso sobre sustentabilidade e consumo consciente

Publicado em: 27/09/2022 3h30 - em Secretaria Municipal de Educação

Crianças e professora de Educação Infantil em sala de aula.
1 2 3 1.284