Notícias

Prefeitura de SP mantém fila de creche zerada pelo terceiro ano consecutivo

Atualmente cidade possui 358 mil crianças de 0 a 3 matriculadas nos Centros de Educação Infantil; vaga já é garantida durante a gestação das mulheres que fazem pré-natal na rede pública de saúde

Publicado em: 22/12/2022 10h48 | Atualizado em: 22/12/2022
Fotografia de uma criança sorrindo. Ela olha para a câmera e usa camiseta amarela escrito "best friends".

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Educação, manteve em 2022 a fila de demanda por creches zerada pelo terceiro ano consecutivo. As creches atendem crianças de 0 a 3 anos.

Em dezembro de 2019, havia 8.083 crianças na fila, e a Pasta atendeu 345 mil crianças em seus Centros de Educação Infantil. Desde dezembro de 2020, o atendimento foi ampliado para 374 mil matrículas zerando a fila até hoje.

Atualmente a Rede Municipal possui 358 mil crianças de 0 a 3 anos matriculadas nos Centros de Educação Infantil da capital.

O atendimento é possível graças a parceiras firmadas com cerca de 700 Organizações da Sociedade Civil (OSCs) e à ampliação de vagas nas CEIs já existentes, garantindo atendimento de todas as famílias cadastradas.

Para o secretário de Educação, Fernando Padula, o atendimento na primeira infância é fundamental para ajudar a diminuir as desigualdades sociais. “Uma criança que tem acesso a uma creche de qualidade desde os primeiros dias de vida, tem mais oportunidade de se desenvolver plenamente nos anos seguintes.”

Mãe Paulistana-Creche

Neste ano, a Prefeitura lançou o programa Mãe Paulistana-Creche que já garante vagas nas creches aos bebês cujas mães fazem o pré-natal na rede pública até o 4º mês de gestação. Gêmeos também poderão ter vagas atendidas, desde que essa informação seja inserida no ato do pré-cadastro.

A vaga será disponibilizada pela Secretaria Municipal de Educação no mês indicado pela gestante. Atualmente há 1465 mães inscritas no programa.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

1 2 3 1.310