Notícias

Prefeitura de SP lança programa Cuidando da Escola e anuncia recurso de R$ 231,6 milhões para melhorias de escolas e ações do grêmio estudantil

Equipe de manutenção formada por 600 profissionais vai agilizar reparo nas escolas municipais sem impactar rotina escolar

Publicado em: 24/05/2022 12h44 | Atualizado em: 25/05/2022
Fotografia mostra vários homens de costas com capacete e usando uniforme cinza com a logomarca 'Cidade de São Paulo' e o texto em amarelo e laranja 'Manutenção Escolar'.

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, e o secretário municipal de Educação, Fernando Padula, anunciaram nesta terça-feira (24) a liberação de R$ 231,6 milhões de reais referentes à segunda parcela do Programa de Transferência de Recursos Financeiros (PTRF) destinados também às obras de manutenção das escolas municipais. Os repasses começam no mês de junho.

Do montante total, R$ 1,9 milhão será designado aos grêmios estudantis constituídos em 386 unidades educacionais. Cada grêmio terá à disposição R$ 5 mil para custear despesas e colaborar com ações dos estudantes que tragam melhorias para o ambiente escolar, atendendo as regras do PTRF.

Outra novidade é a criação do programa Cuidando da Escola, que possibilitou a contratação de uma equipe de 600 profissionais para trabalhar, exclusivamente, na manutenção de cerca de 1.500  escolas municipais distribuídas em toda a capital. O investimento é de aproximadamente 50 milhões por ano.

Com o programa, o objetivo é facilitar e agilizar consertos e melhorias dentro das unidades, minimizando o impacto no andamento das atividades pedagógicas e garantindo o bem-estar geral de estudantes e professores.

Os 600 funcionários estão divididos em 54 equipes formadas por eletricistas, encanadores, pintores, serralheiros, carpinteiros, serventes e encarregados. Cada grupo de 10 ou 13 colaboradores é liderado por um encarregado e cada um dos 5 lotes conta com o apoio de um engenheiro civil e um engenheiro eletricista. O grupo de manutenção escolar prestará serviços de segundas às sextas-feiras, no período de 8h às 16h.

As escolas devem adquirir os materiais necessários para as reformas, mas o custo da mão de obra executada pelos profissionais do programa não é pago pela unidade educacional, que economiza recurso do PTRF. O pagamento é feito por meio da Secretaria Municipal de Educação.

Segundo o secretário de Educação, Fernando Padula, a medida vai ajudar a manter a qualidade da infraestrutura das escolas, o que necessariamente reflete e colabora com a aprendizagem dos estudantes. “Os problemas devem ser resolvidos rapidamente para que não haja impactos na rotina escolar.”

Obras em andamento

Estão em andamento as obras de manutenção de 236 escolas da rede municipal. Os contratos preveem a manutenção dos telhados e lajes das escolas, revisão dos sistemas elétricos e hidráulicos, reforma de pisos, azulejos, forro e revestimentos.

Nas áreas externas, será executada a revisão das canaletas de águas pluviais, reforma das calçadas, adequação do paisagismo, reforma dos alambrados, além de pintura das áreas internas e externas. Para garantir as intervenções, o investimento é de R$ 92,5 milhões.

Ainda sobre melhorias na infraestrutura, outra ação da Prefeitura é a cobertura de 95 quadras poliesportivas realizada por meio do Programa Municipal de Cobertura de Quadras Esportivas das Unidades Escolares. A ação formaliza uma política pública destinada a melhorar os equipamentos educacionais e, dessa forma, ampliar sua utilização. Foram destinados R$ 79,5 milhões para estas obras.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia mostra a visão aérea do CEMEI Professor Dalmo De Abreu Dallari.
Estante de livros.

SME divulga nome dos autores selecionados para Antologia de Contos e Antologia Poética 

Publicado em: 28/02/2024 1h32 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de grupo de jovens em participação de uma reunião

SME incentiva que estudantes, familiares e profissionais façam parte das instâncias de participação

Publicado em: 27/02/2024 12h36 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de cinco estudantes com a camiseta laranja do Imprensa Jovem. Três estudantes estão sentados em bancos altos em frente a uma estante de livros e a menina que está no meio segura um microfone e um celular. Todos olham para o celular. Em primeiro plano, de costas para o ângulo da fotografia, um menino manuseia o tripé em que está a câmera e o celular, atrás de sua camiseta laranja está escrito em preto Imprensa Jovem. Em frente a ele, e também de costas para o ângulo da foto, há mais uma estudante.
Design Sem Nome (1)

DRE Guaianases promove reunião de organização

Publicado em: 22/02/2024 4h37 - em Diretoria Regional de Educação Guaianases

1 2 3 1.427