Notícias

Prefeitura de SP cria 51 cargos de supervisor escolar e aumenta verba de locomoção de servidores da Educação

Benefício que custeia o deslocamento pode chegar a R$ 1.200 mensais; funcionários que atuam nos núcleos de atendimento aos estudantes vulneráveis ou com alguma deficiência serão contemplados pela primeira vez

Publicado em: 14/06/2023 10h59 | Atualizado em: 14/06/2023
Duas mulheres sentadas a mesa viradas para a câmera, uma está com um computador portátil, e uma terceira pessoa que aparece de costas apenas a parte do ombro e da cabeça.

A Prefeitura de SP criou 51 cargos de supervisor escolar e aumentou a verba de locomoção de servidores da Educação para o valor de até R$ 1.200 por mês. As medidas fazem parte do projeto de Lei 305/23, aprovado pela Câmara Municipal de SP.

Com o aumento, o quadro de supervisores escolares que compõem a Rede Municipal chegará a 483, uma elevação de 11%. Os supervisores escolares serão distribuídos pelas 13 Diretorias Regionais da Educação da capital.

Estes profissionais têm a missão de zelar pelo direito de desenvolvimento e aprendizagem dos alunos, apoiar e orientar atividades pedagógicas, além de fiscalizar o cumprimento da legislação vigente e de protocolos oficializados pela Secretaria Municipal de Educação.

O projeto de Lei ainda aumenta o valor da verba de locomoção em 57% aos servidores que ocupam os cargos de coordenadores pedagógicos e em 38% aos diretores de escola, chegando a R$ 900 reais mensais em ambos os cargos. O recurso, de acordo com a legislação anterior, era de R$ 571,4 e R$ 648,14, respectivamente. Já para os supervisores escolares, o aumento passa de R$ 690,25 para R$ 1.200, o equivalente a quase 45%.

Outra novidade é que 250 servidores em exercício que atuam no Núcleo de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem (NAAPA) e no Centro de Formação e Acompanhamento à Inclusão (CEFAI) serão contemplados, pela primeira vez, com o benefício de R$ 1.200 mensais que garante o deslocamento entre as unidades e a eficácia dos programas e do atendimento psicológico aos estudantes mais vulneráveis e com algum tipo de deficiência.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Mulher negra mexendo nos lápis e canetas com livros na mesa

Polos da UniCEU estão com inscrições abertas para curso de Pedagogia

Publicado em: 20/02/2024 1h30 - em Secretaria Municipal de Educação

Saúde Oftalmológica

Prefeitura de São Paulo retoma Programa de Avaliação Oftalmológica em estudantes da Rede Municipal

Publicado em: 19/02/2024 5h17 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia da fachada do Cei Bispo Roger Douglas Bird

Prefeitura inaugura creche Bispo Roger Bird na região de Cidade Ademar

Publicado em: 19/02/2024 2h34 - em Secretaria Municipal de Educação

Foto representada em forma de desenho de um grupo de pessoas de diferentes etnias.
Foto de uma criança com uniforme da rede publica de São Paulo em um brinquedo.
1 2 3 4 5 6 1.428