Notícias

Plateia SME – edição de 22 de junho

Confira os contemplados

Publicado em: 23/06/2016 17h59 | Atualizado em: 04/12/2020
A Secretaria Municipal de Educação oferece, aos servidores da rede, por meio do Projeto Plateia SME e Plateinha cortesias para assistirem aos espetáculos:

No Plateinha: “ A Fantástica Trupe em… A Princesa Engasgada”, Chapeuzinho Vermelho”, “Mentes Divertidas – O Musical”, “Tarde de Palhaçadas”, A Princesinha Sofia – A primeira” e “A Galinha Pintadinha em: “Ovo de Novo”
E no Plateia SME: “Concertos ao Piano – Compositores Brasileiros”, “Isadora”, “O Último Lutador”, “Stand Up – Só Falta o Anão”, “ Rainhas do Orinoco”, “ Irmã Selma” e “Carta ao Pai”.

Confira os contemplados

A Fantástica Trupe em… A Princesa Engasgada

“A Fantástica Trupe em… A Princesa Engasgada” é a última montagem do grupo A Peste, Cia. de Teatro, que traz ao palco três clowns em referência ao estilo mambembe para mostrar a história de um camponês confundido como médico.
Com traços da Comédia Dell’Arte, os comediantes Laurel, Harpo e Groucho transitam entre reis, princesas e camponesas e contam com a participação do público para encenar uma peça dentro da peça. Na montagem, a cia. continua sua pesquisa de clowns, Comédia Dell’Arte e o lado ingênuo do cinema mudo, adicionando elementos da filmografia de Charles Chaplin, da dupla Laurel &Hardy e dos desenhos animados para a concepção da movimentação e expressão cênica. A montagem também aborda o tema da violência doméstica, levantando a importância da discussão e da conscientização do tema com as crianças.
Para a diretora da peça Pamela Duncan, o trabalho traz o desafio de integrar linguagens diferentes em cena. “O mais importante, porém, é ressaltar que o centro do teatro é o ator, com sua entrega ao público onde quer que ele esteja, em uma praça, teatro ou onde tenha escolhido realizar sua performance. ‘A Fantástica Trupe em… A Princesa Engasgada’ é diversão, alegria e o sonho da arte de se fazer teatro”, diz.

Sinopse
Em grupo de comediantes chega a uma pequena cidade para apresentar, em uma praça pública, a história da princesa engasgada. Confundido com um médico, um camponês é obrigado a tratar da filha do rei, que se engasgou com uma espinha de peixe. A sorte e a astúcia do humilde homem acabam por torná-lo o médico mais famoso do reino. O enredo é baseado em uma lenda medieval que deu origem à obra “Médico à Força”, do dramaturgo francês Molière.

Duração: 45 min.
Classificação: Livre – Infantil

Data: 25 de Junho, sábado, às 16h –SEGUE O LINK: goo.gl/forms/A9xHmDrFy8ToFr7v2
Data: 26 de Junho, Domingo, às 16h –SEGUE O LINK: goo.gl/forms/zpGAs33ixRvmUgYn2

Local: Teatro Aliança Francesa
Endereço: Rua General Jardim 182 – Vila Buarque. Estacionamento conveniado em frente.
Produção: A Peste, Cia Urbana de Teatro
Obs.: 03 ingressos por inscrito

CHAPEUZINHO VERMELHO

A peça conta as aventuras de Chapeuzinho Vermelho, uma menina ingênua e curiosa que é enganada por um lobo encantador, interessado em fazer dela seu jantar. André Abujamra perfuma a peça, com trilha sonora especialmente composta para a montagem. Nessa versão de “Chapeuzinho Vermelho”, a música funciona como uma ambientação e conta a história como um texto implícito, criando climas de leveza ou de tensão, por exemplo. Já a interpretação dos atores é concebida de maneira inovadora, com riqueza de gestos e ausência de falas. “Percebo a necessidade de comunicar de maneira mais sintética. As crianças falam muitas coisas com menos palavras e têm uma reação muito rápida à música. Por isso nessa peça a fala não é necessária. A criança entende a história com os climas que a música gera” explica o diretor Eduardo Leão.

Classificação: 03 ANOS
Gênero: Infantil
Duração: 40 min.

Data: 25 de junho, sábado, às 16h –SEGUE O LINK: goo.gl/forms/kdT6swVLPYi7RVoA2
Data: 26 de junho, domingo, às 16h –SEGUE O LINK: goo.gl/forms/f3FwnVoK9A45GhxV2

Local: TEATRO FOLHA – Shopping Higienópolis
Endereço: Av. Higienópolis, 618 – Terraço – Tel. 3823-2323
Empresa Parceira: CONTEÚDO TEATRAL
Obs.: 03 ingressos por inscrito

MENTES DIVERTIDAS, O MUSICAL

Livre adaptação do filme “Divertidamente”. Quando uma garota chamada Riley nasce, dentro de sua mente, cinco emoções ganham vida – Alegria, Tristeza, Nojinho, Medo e Raiva. As emoções vivem na Sede, como é chamada a mente consciente de Riley, onde eles influenciam nas ações e nas memórias de Riley através de um painel de controle. Suas novas memórias são alojadas em esferas coloridas, que são enviadas para as memórias de longo prazo no final de cada dia. As memórias mais importantes são colocadas numa central na Sede, são as chamadas memórias base. São cinco memórias bases que criam “ilhas”, onde cada ilha reflete um aspecto diferente da personalidade. A Alegria atua como a emoção dominante que mantém Riley em um estado feliz, mas ela e os outros não entendem o propósito da Tristeza. Com muita música e dança, os atores dão vida a esta maravilhosa história.
Elenco/Direção: Texto e Direção: Khamilahh Jelezoglo. Elenco: Isabela Custodio, Thais Trevizol, Khamilahh Jelezoglo, João Pedro Jelezoglo, Wyll Evangelista e Edson Muniz.

Duração: 60 minutos
Classificação: Livre.

DATA: 25 de Junho, Sábado, às 17h45 – SEGUE O LINK: goo.gl/forms/mVw64bjh00v17pNk1

Local: TEATRO EXTRA ITAIM
Endereço: Rua João Cachoeira, 899 – dentro do Hipermercado Extra Itaim
Empresa Parceira: Fentanes Produções
03 ingressos por inscrito

TARDE DE PALHAÇADAS

É um divertido espetáculo que presta homenagem a grandes palhaços brasileiros como Arrelia, Carequinha, Piolim, Fuzarca, entre outros. Com números clássicos de palhaços circenses, a peça traz todo o riso, a magia e a inocência que só o palhaço e suas trapalhadas conseguem proporcionar. Assim Palito, Pederneiras e Pinhão – além da percursionista Maestrina Batutinha – transformam o palco em um verdadeiro picadeiro. Elenco: Tadeu Pinheiro, William Amaral, Fabio Neppo, Roberta Uhller.

Gênero: Infantil
Classificação Etária: 03 anos
Duração do espetáculo: 50 minutos

Data: 25 de Junho, Sábado, às 16h- SEGUE O LINK: goo.gl/forms/Mo7Hdzwj8Pv6TuZg1

Local: TEATRO RUTH ESCOBAR
Endereço: Rua dos Ingleses, 209 – Bela Vista
Empresa Parceira: MS39 Produções Ltda
03 ingressos por inscrito


A PRINCESINHA SOFIA – A PRIMEIRA

Uma garota simples do vilarejo, Sofia se vê agora como uma princesa no reino mágico de Encantia. Como ser princesa não é fácil, ela contará com a ajuda das professoras da escola Real, Flora, Fauna e Primavera e também da Rapunzel e Cinderela.
Elenco/Direção: Texto: Khamilahh Jelezoglo. Direção: Ivo Ueter.

Duração: 50 minutos,
Classificação: Livre.

DATA: 25 de Junho, Sábado, às 16h00 -SEGUE O LINK: goo.gl/forms/OvrGkGvLT60Eevq83

Local: TEATRO EXTRA ITAIM
Endereço: Rua João Cachoeira, 899 – dentro do Hipermercado Extra Itaim
Empresa Parceira: Fentanes Produções
03 ingressos por inscrito

A GALINHA PINTADINHA EM: “OVO DE NOVO”

A Galinha Pintadinha, em Ovo de Novo é um dos maiores sucessos infantis do momento. o público infantil tem encontro marcado com a Galinha Pintadinha e seus companheiros inseparáveis: O Galo Carijó, Pintinho Amarelinho, Baratinha, os Naftalinas (Baratazul e Baratotal), Borboletinha, Sr. Gavião, Dr. Peru, Enfermeira Ururubu, Galinho Quiriquiqui, boneco Pimpom, e a divertida família de Carlos Henrique, um menino muito imaginativo que gosta de contar histórias e de usar palavras difíceis. Aborrecido com a notícia do nascimento da irmã, Carlos Henrique faz uma retrospectiva de sua vida para tentar entender seus sentimentos. Com a ajuda da “mais sinistra… mais cascuda… mais antenada… a Barata”, que canta as 15 canções que compõem o repertório musical do espetáculo, a vida de Carlos Henrique e de sua família é revista em flashbacks. Como seus pais se conheceram, seu nascimento, a carinhosa relação com a sua avó. Numa brincadeira divertida o público também assiste a história da família da Galinha Pintadinha, Galo Carijó e do Pintinho Amarelinho que também está triste com os mimos para o Ovo Novo
A Galinha Pintadinha, em Ovo de Novo reúne circo, teatro, dança, música e conta com uma requintada cenografia que utiliza projeções de desenhos animados em telão de LED de 24m² que ocupa toda a área do fundo do palco, criando ambientes variados que enchem a cena de cor e magia, compondo um espetáculo lúdico e divertido, para o público infantil da primeira infância (de 0 a 5 anos). Roteiro: Marcos Luporini e Juliano Prado. Dramaturgia e texto final: Keli Freitas. Direção: Ernesto Piccolo. Coreografias: Marcia Rubin. Criações Circenses: Claudio Baltar. Cenários, Bonecos, Figurinos: Clívia Cohen. Iluminação: Maneco Quinderé. Preparação Vocal e Canto: Adriana Piccolo. Assistente de direção: João Maia. Assistente de coreografia: Maíra Maneschy.

Classificação: Livre
Gênero: Musical
Duração: 90 minutos

Data: 25 de maio, sábado, às 17h – SEGUE O LINK: goo.gl/forms/imIGikioEt8dK3ah2

Local: Theatro NET São Paulo
Endereço: Rua Olimpíadas, 360.- Shopping Vila Olímpia, 5º andar – Vila Olímpia
Empresa Parceira: Radar Cultural – Selene Marinho
Obs.: 03 ingressos por inscrito


CONCERTOS AO PIANO – COMPOSITORES BRASILEIROS

Pianíssimo
O Teatro J. Safra apresenta em sua programação concertos de Música Clássica que irão privilegiar novos talentos brasileiros, trazendo para o bairro da Barra Funda e para a Cidade uma nova opção de lazer cultural aos domingos no fim da manhã. A programação será temática abordando vários períodos da história da música através de recitais e concertos camerísticos. A primeira série que se realizará em maio e junho apresentará uma antologia da história do piano apresentando obras das mais significativas da literatura pianística. Foram selecionados jovens pianistas premiados e já com carreiras promissoras, garantindo a qualidade artística dos concertos. O Teatro J. Safra entendeu a necessidade de abrir espaços para estes jovens de grande talento incentivando suas carreiras e ao mesmo tempo criando um novo local na cidade, fora do circuito tradicional de concertos em São Paulo visando à formação de novas plateias para a música clássica.
Compositores Brasileiros com o pianista Silas Barbosa Mignone: Sonatina nº 3, Guerra Peixe: 5 Prelúdios Tropicais, Villa Lobos: Impressões Seresteiras

Classificação: livre

Data: 26 junho, domingo, às 12h00 –SEGUE O LINK: goo.gl/forms/1Q25IBnNXh9geBLM2

Local: TEATRO J. SAFRA
Endereço: Rua Josef Kryss, 318 – Parque Industrial Tomas Edson, São Paulo – SP.
Empresa Parceira: Manhas & Manias Produções Culturais
Obs.: 03 ingressos por inscrito.

ISADORA

Com direção de Elias Andreato, o espetáculo reinventa os últimos dias de Isadora Duncan em Nice, na França, quando ela volta de um conturbado período vivendo na Rússia. É num quarto de hotel que Isadora, interpretada por Melissa Vettore como Isadora, conhece Henry, participação especial do ator Daniel Dantas, um misterioso e inteligente Editor interessado em publicar seu Livro de Memórias. Com alguns segredos, ele questiona Isadora em um clima de certo suspense e ao mesmo tempo, com humor ácido e sedução. Eles estabelecem um jogo de provocações, que faz Isadora se confrontar com a imagem da artista provocante e libertária, revelando-se uma mulher extremamente humana, solitária e frágil. O Editor nos faz pensar sobre a essencialidade da arte por trás do sucesso. Ao lembrar-se da sua juventude ao lado dos irmãos que formam o Clã Duncan – interpretados por Roberto Alencar e Patricia Gasppar – e por meio de coreografias e música, do humor e da emoção, se estabelece um pensamento atual sobre os direitos das mulheres, o amor, a dança, a educação, os sonhos e o espírito livre.
A montagem traz um ambiente de música, canto e dança, e grande depuramento estético. A dança, as artes, o amor que moveram a caminhada de Isadora Duncan por vários países, levaram à criação de um espetáculo inédito, a partir da tradução e adaptação das cartas, biografias e manuscritos da artista; além da linguagem de corpo, baseada na releitura de algumas das suas coreografias.
Correndo como uma bacante, Isadora Duncan provocou o despertar do corpo e da beleza das formas. Artista percursora da dança moderna se negou a comercializar o corpo da mulher na dança. Empenhada em construir uma ‘nova escola’ para crianças, Isadora partiu com seus irmãos, dos EUA rumo a Europa e Rússia. Afirmava que sua dança era símbolo da nova educação e da liberdade.
Isadora era contra a técnica repressiva do ballet, para ela a dança era ‘o movimento do corpo em harmonia com a natureza’.
Ao ser confrontada pelo Editor, Isadora expõe toda sua história como dançarina, mulher, mãe, amante, mestra e revolucionária. E os dois artistas discutem sobre a natureza, o amor, as perdas, as ilusões e lutas políticas, a comercialização do corpo, o direito a ter filhos como quiser, a servidão no casamento, a educação gratuita para as crianças, a liberdade no corpo e na dança, a soberania da Arte e o direito de acesso para todos.
A peça recria o universo criativo desses dois artistas, revelando a importância e a beleza do espírito poético de Isadora – propondo temas tão atuais, como os imortais artistas que a inspiraram ao longo de sua trajetória.

Recomendação: 12 anos

Data: 24 de junho, sexta-feira, às 21h00- SEGUE O LINK: goo.gl/forms/aYVFdDpYxcOx47Ub2
Data: 25 de junho, sábado, às 21h00 – SEGUE O LINK: goo.gl/forms/44hHYPcuX1uuX8Ws1
Data: 26 de junho, domingo,às 19h30–SEGUE O LINK: goo.gl/forms/p3PwNVBC6YsplWas2

Local: Auditório MASP Unilever
Endereço: Av. Paulista, 1578, São Paulo, SP
Empresa Parceira: Radar Cultural
02 ingressos por inscrito

O ÚLTIMO LUTADOR

Stênio Garcia comemora 60 anos de carreira e volta aos palcos após 18 anos com “O Último Lutador”, peça inspirada no nascimento do MMA no Brasil. Stênio interpreta Caleb, o patriarca de um clã de lutadores que busca reunir pai, filhos e netos em um campeonato de luta livre que irá expor feridas do passado.
O cenário remete a um grande galinheiro (cenário das cruéis rinhas de galo), onde os inúmeros embates familiares acontecem. Aqui, a luta livre é a ferramenta dramatúrgica para mostrar os sentimentos de união que regem os confrontos familiares e as relações humanas.
FICHA TÉCNICA
Ideia Original: Marcos Nauer Texto: Marcos Nauer e Teresa Frota Supervisão de dramaturgia: Teresa Frota Direção: Sergio Módena Elenco: Stênio Garcia, Stela Freitas, Marcos Nauer, Antonio Gonzalez, Glaucio Gomes, Mari Saade, Daniel Villas e Carol Loback Diretor assistente: André Viéri

Data: 24 de junho, sexta-feira, às 21h– SEGUE O LINK: goo.gl/forms/IONPm7J2lxi3W75s2
Data: 25 de junho, sábado, às 21h– SEGUE O LINK: goo.gl/forms/btvbIy9tGrVHkEwH3
Data: 26 de junho, domingo, às 19h00– SEGUE O LINK: goo.gl/forms/otBdNAttQxDWavoA2

Local: TEATRO PORTO SEGURO
Endereço: Alameda Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos, São Paulo – SP.
Empresa Parceira: Brainstorming Entretenimento e Quarta Dimensão Entretenimento
Obs.: 02 ingressos por inscrito.

SÓ FALTA O ANÃO

O “Só Falta o Anão” é um espetáculo de humor onde o grupo é formado por uma gostosa, um gago e um cego… Com isso conclui-se que, pra ficar mais bizarro só falta um Anão!!
O “Só falta o Anão” traz uma visão bem-humorada do cotidiano de cada um dos integrantes, baseada no stand up comedy clássico! O Espetáculo também traz números onde os membros do grupo mostram todos os seus talentos, até mesmo musicais e de imitação, tudo isso claro, com muito humor!
Com os atores Jeffinho Farias, Anderson Gago e Thainan Fresneda.

Classificação: 12 anos
Stand Up Comedy
Duração: 70 minutos

Data: 25 de junho, Sábado, às 21h30– SEGUE O LINK: goo.gl/forms/aGfAhrnZl1iQrWX23

Local: Teatro Caritas
Endereço: Rua Paulino dos Santos – 157 – São Mateus
Empresa Parceira: S Produções e Eventos
02 ingressos por inscrito


RAINHAS DO ORINOCO

A encenação foi construída a partir da estética do circo–teatro, tal qual ele existiu no Brasil até meados dos anos 60, que teve seu auge com Vicente Clestino, Gilda de Abreu, Tonico e Tinoco, José Fortuna, Circo Arethusa, Dercy Gonçalves, Grande Otelo, Oscarito, com os grandes circos e grandes melodramas. “Este espetáculo é o irmão ingênuo, formoso, brincalhão da minha montagem de Vem Buscar-me Que Ainda Sou Teu, de Soffredini, em 1990, e que foi um momento em que a arte popular acabou nos dando a matéria prima para a configuração de um teatro mais brasileiro, do interior do Brasil profundo. Carballido teve a sabedoria de fazer uma grande comédia. A peça é um depoimento humanista de alguém que enxerga através da comédia e do melodrama a existência de dois seres humanos desprotegidos na carne e nos grotões da America Latina. Colocamos em cena esse texto usando a linguagem estética do circo-teatro”, comenta o diretor Gabriel Villela.
Para isso, Gabriel conta com parceiros especiais. Os diretores assistentes Ivan Andrade e Daniel Mazzarolo estão juntos com Gabriel desde o primeiro ensaio. A direção musical, preparação vocal, arranjos vocais e a partitura dos textos coube à mineira Babaya, que já fez 29 espetáculos com o diretor, enquanto os arranjos instrumentais foram elaborados pelo musicista, diretor e ator Dagoberto Feliz. Os figurinos com cores, texturas e caimentos inspirados em toda a América Latina são de Gabriel Villela. A cenografia de William Pereira remete a um pequeno picadeiro em formato de barco com telões naif reproduzindo a fauna e a flora de uma floresta equatorial. A iluminação é de Caetano Vilela e os adereços e objetos de cena foram confeccionados em sua maioria por Shicó do Mamulengo. A direção de produção é de Cláudio Fontana.
Duração: 1º Ato- 50 minutos / Intervalo- 10 a 15 minutos / 2º Ato- 35 minutos.

Classificação: 14 anos.

Data; 23 de junho, quinta, às 21h00 – SEGUE O LINK: goo.gl/forms/TcnoBrxYf0O7MLa03
Data: 24 de junho, sexta, às 21h30 – SEGUE O LINK: goo.gl/forms/Aze2U0qugks9NQzb2
Data: 26 de junho, domingo, às 18h- SEGUE O LINK: goo.gl/forms/NnyRCrQs9h3hQDYf2

Local: Teatro Vivo
Endereço: Av. Dr. Chucri Zaidan, 2.460 – Morumbi
Empresa Parceira: CIA Melodramática Brasileira Prod. Artísticas
02 ingressos por inscrito

IRMÃ SELMA
(Última sessão)

Monólogo de personagens com Octávio Mendes
IRMÃ SELMA é um show de humor estrelado, escrito e dirigido por Octávio Mendes. Sucesso em São Paulo, que ficou em cartaz no Teatro Gazeta por quase um ano e meio.
O espetáculo reúne os inesquecíveis personagens criados pelo ator, como a Mônica Goldstein – uma apresentadora de um programa sensacionalista; o Ex Gay – um cara que “mudou” de vez; a Maria Botânica – atriz e cantora e a personagem que dá nome ao espetáculo e Irmã Selma – uma freira humorista.
Fundador do espetáculo Terça Insana, onde permaneceu por quatro anos e criou alguns dos personagens do show, Octávio Mendes hoje é contratado pelo SBT, onde participa do programa A Praça é Nossa, com o personagem Seu MEMÊ.
OCTAVIO MENDES
Ator, diretor e autor de vários espetáculos, Octávio Mendes é formado na Escola de Arte Dramática de São Paulo (EAD-ECA-USP). Atualmente, contratado pelo SBT, participa do programa A Praça é Nossa, com o personagem Seu MEMÊ. Participou da temporada de A Bela e a Fera, o musical da Broadway, que esteve em cartaz no Teatro Abril em São Paulo.
É um dos fundadores do espetáculo Terça Insana, onde permaneceu por quatro anos e criou personagens como Irmã Selma, Maria Botânica, e Xanaína. Largou o “Terça Insana” para trabalhar ao lado do comediante Sérgio Rabello, onde permaneceu por dois anos em cartaz com o espetáculo Humor de Quinta. No Teatro, estreou no espetáculo Camila Backer, Lives in Concert, que lhe rendeu vários prêmios de Melhor Ator.

Duração: 90 minutos
Recomendação: 14 anos

DATA: 25 de Junho, sábado, às 19h30 – SEGUE O LINK: goo.gl/forms/s5w3Pn6M3d1ctsBo2

Local: TEATRO EXTRA ITAIM
Endereço: Rua João Cachoeira, 899 – dentro do Hipermercado Extra Itaim
Empresa Parceira: Fentanes Produções
Obs.: 02 ingressos por inscrito

CARTA AO PAI

Direção: Antonio Gilberto
Ator: Rodrigo Abreu
Esta carta é uma longa e detalhada resposta a uma pergunta feita por seu pai, Hermann Kafka, com o objetivo de saber o motivo “do medo” que Kafka dizia sentir dele.
Kafka decide expressar seus pensamentos e sentimentos em relação a seu pai, que foi, conforme escreveu o próprio autor, o principal “tema” de sua obra ficcional: “Meus escritos tratavam de você, neles eu expunha as queixas que não podia fazer no seu peito”.
Texto: Franz Kafka
Tradução: Modesto Carone
Direção: Antonio Gilberto
Ator: Rodrigo Abreu
Direção de Arte: Rui Cortez
Duração: 60 minutos
Classificação 12 anos
Haverá bate papo após o espetáculo.

Data: 23 de junho, quinta-feira, às 20h –SEGUE O LINK: goo.gl/forms/xJytTtlwLApeaQDB2

Local: Teatro Sérgio Cardoso
Endereço: Rua Rui Barbosa, 153 – Bela Vista.
Empresa: APAA- Teatro Sergio Cardoso
02 ingressos por inscrito

AS ONDAS OU UMA AUTOPSIA

O ator Gabriel Miziara homenageia os 75 anos de morte da escritora inglesa Virginia Woolf (1882-1941). Esta peça é baseada em “As Ondas”, romance conhecido por ser um dos mais radicais da escritora na técnica denominada “fluxo de consciência”. Assim como James Joyce, Gustave Flaubert, Marcel Proust, Samuel Beckett, entre outros, a autora em uma maneira impressionista de relatar as experiências vividas pelas personagens, carrega de subjetividade os seus discursos. “Ao mergulhar no interior de suas personagens, ao revelar cada detalhe, cada impressão, Virginia, abre um vasto território de jogo para a interpretação dramática. O mergulho vertical feito pela escritora é o mergulho que o intérprete tem de fazer para buscar em si as palavras escritas por ela”, aponta Miziara.
Este romance-poema escrito em 1931 descreve através do nascer do sol até seu poente, as diversas fases das vidas de seis amigos: Jinny, Rhoda, Susan, Louis, Bernard e Neville. Os personagens manifestam seus pensamentos, anseios e vontades através de solilóquios, quase nunca existe um diálogo direto, tudo passa por dentro deles, ganha camadas, adquire relevos antes de ganhar o mundo; e cada um destes mundos é vasto, amplo, infinito. Além dos seis personagens existe um sétimo, mudo, apenas um espectro que acompanha os outros: Percival, o herói silencioso que morre no auge da sua vida. Percival é quem leva esta obra até o cerne angustiado da vida da escritora.

Gênero: Drama (COM NUDEZ TOTAL)
Duração: 60 minutos
Classificação: 18 anos

Data: 24 de junho, sexta, às 21h30–SEGUE O LINK: goo.gl/forms/5k6mLoXWXq3ZwKa63
Data: 25 de Junho, sábado, às 21h –SEGUE O LINK: goo.gl/forms/S2aoK1Z5RWhaEXy12
Data: 26 de Junho, domingo, às 19h –SEGUE O LINK: goo.gl/forms/8UZhiWgKeZr2H9Ko2

Local: Viga Espaço Cênico – Sala Viga
Endereço: Rua Capote Valente, 1232 – ao lado do Metrô Sumaré
Empresa Parceira: Canto Produções
02 ingressos por inscrito

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem mostra, em primeiro plano, uma criança se alimentando. Ela está com uma colher na boca e um prato em sua frente. Ao fundo, outras crianças também comendo e funcionarias da escola auxiliando
Programação de dezembro- imigrante e cultura inclusiva

Migração e acessibilidade são eixos centrais da programação dos CEUs em dezembro

Publicado em: 06/12/2021 6h29 - em Secretaria Municipal de Educação

Mão infantil segurando massinha de modelar
mão feminina preenchendo gabarito de prova de concurso

SME convoca candidatos aprovados em lista específica de Negro, Negra ou Afrodescendentes

Publicado em: 04/12/2021 1h30 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de uma professora sentada do chão. Ela segura um caderno com uma figura e mostra para a criança que está em pé em sua frente.

SME amplia em 1.068 o número de cargos para a Educação Infantil Municipal

Publicado em: 03/12/2021 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.212