Notícias

Plateia SME – edição de 20 de maio

Confira os contemplados

Publicado em: 20/05/2016 17h04 | Atualizado em: 04/12/2020

A Secretaria Municipal de Educação oferece, através do Projeto Plateia SME e Plateinha aos servidores da rede, cortesias para assistirem: “O MUSICAL MAMONAS ASSASSINAS”

Confira os contemplados

O MUSICAL MAMOMAS ASSASSINAS


Há 20 anos cinco garotos de Guarulhos viravam a música brasileira de ponta cabeça. Em uma carreira meteórica os Mamonas Assassinas fizeram história por sua irreverência, conquistando o país através de um escrachado rock’n roll combinado com diversos ritmos e letras bem humoradas.
Os mesmos jovens que encantaram, também comoveram pela maneira abrupta que tiveram suas carreiras interrompidas. Agora imagine se os Mamonas pudessem contar sua própria história?
Com direção do premiado José Possi Neto, o musical apresenta a mesma irreverência e o mesmo escracho que Bento, Dinho, Júlio, Samuel e Sergio demonstravam dentro e fora dos palcos, representados pelos atores Ruy Brissac, Adriano Tunes, Yudi Tamashiro, Elcio Bonazzi e Arthur Ienzura, todos escolhidos em audições.
O Musical Mamonas é em primeiro lugar, uma grande brincadeira com o gênero musical biográfico. Convocados pelo anjo Gabriel para uma importante missão, dar um jeito na caretice que tomou conta da vida dos brasileiros, Bento, Dinho, Júlio, Samuel e Sergio resolvem contar em um musical como conseguiram passar pelo estreito funil do show business: na base da persistência e da corajosa aceitação de suas personalidades um tanto quanto divertidas.
O musical traz também músicas de bandas que fizeram a cabeça dos cinco rapazes e marcaram a década de noventa, como Titãs, Legião Urbana, Engenheiros do Hawaii, Guns’n Roses, Rush e ainda reserva espaço para paródias e músicas originais compostas para o espetáculo O Musical Mamonas.

Recomendação: 12 anos
Gênero: comédia musical
Duração: 120 min.

Data: 21 de maio, sábado, às 21h

Local: TEATRO DA FECOMÉRCIO – SALA RAUL CORTEZ
Endereço: Rua Dr. Plínio Barreto, 285, 2 andar – Bela Vista.

RETIRAR O INGRESSO NA BILHETERIA ANTES DAS 20 HORAS
Realização: Miniatura 9
Dois ingressos por inscrito

ISADORA

Com direção de Elias Andreato, o espetáculo reinventa os últimos dias de Isadora Duncan em Nice, na França, quando ela volta de um conturbado período vivendo na Rússia. É num quarto de hotel que Isadora, interpretada por Melissa Vettore como Isadora, conhece Henry, participação especial do ator Daniel Dantas, um misterioso e inteligente Editor interessado em publicar seu Livro de Memórias. Com alguns segredos, ele questiona Isadora em um clima de certo suspense e ao mesmo tempo, com humor ácido e sedução. Eles estabelecem um jogo de provocações, que faz Isadora se confrontar com a imagem da artista provocante e libertária, revelando-se uma mulher extremamente humana, solitária e frágil. O Editor nos faz pensar sobre a essencialidade da arte por trás do sucesso. Ao lembrar-se da sua juventude ao lado dos irmãos que formam o Clã Duncan – interpretados por Roberto Alencar e Patricia Gasppar – e por meio de coreografias e música, do humor e da emoção, se estabelece um pensamento atual sobre os direitos das mulheres, o amor, a dança, a educação, os sonhos e o espírito livre.
A montagem traz um ambiente de música, canto e dança, e grande depuramento estético. A dança, as artes, o amor que moveram a caminhada de Isadora Duncan por vários países, levaram à criação de um espetáculo inédito, a partir da tradução e adaptação das cartas, biografias e manuscritos da artista; além da linguagem de corpo, baseada na releitura de algumas das suas coreografias.
Correndo como uma bacante, Isadora Duncan provocou o despertar do corpo e da beleza das formas. Artista percursora da dança moderna se negou a comercializar o corpo da mulher na dança. Empenhada em construir uma ‘nova escola’ para crianças, Isadora partiu com seus irmãos, dos EUA rumo a Europa e Rússia. Afirmava que sua dança era símbolo da nova educação e da liberdade.
Isadora era contra a técnica repressiva do ballet, para ela a dança era ‘o movimento do corpo em harmonia com a natureza’.
Ao ser confrontada pelo Editor, Isadora expõe toda sua história como dançarina, mulher, mãe, amante, mestra e revolucionária. E os dois artistas discutem sobre a natureza, o amor, as perdas, as ilusões e lutas políticas, a comercialização do corpo, o direito a ter filhos como quiser, a servidão no casamento, a educação gratuita para as crianças, a liberdade no corpo e na dança, a soberania da Arte e o direito de acesso para todos.
A peça recria o universo criativo desses dois artistas, revelando a importância e a beleza do espírito poético de Isadora – propondo temas tão atuais, como os imortais artistas que a inspiraram ao longo de sua trajetória.

Recomendação: 12 anos

Data: 20 de maio, sexta-feira, às 21h
Data: 21 de maio, sábado, às 21h 
Data: 22 de maio, domingo, às 19h30
Local: Auditório MASP Unilever
Endereço: Av. Paulista, 1578, São Paulo, SP
Empresa Parceira: Radar Cultural
02 ingressos por inscrito

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem mostra três meninos brincando em um brinquedo inflável e sendo molhados por um jato de água.
Estudante é vacinada em escola municipal

Saúde inicia vacinação de adolescentes em escolas da rede pública de SP

Publicado em: 25/11/2021 5h23 - em Secretaria Municipal de Educação

Estudantes e professores em atividade na EMEF Amorim Lima

Estudantes da EMEF Amorim Lima realizam exposição sobre poluição luminosa

Publicado em: 24/11/2021 4h32 - em Secretaria Municipal de Educação

Professora de ensino fundamental em sala de aula

SME vai contratar 6.889 professores para diversas funções

Publicado em: 24/11/2021 2h15 - em Secretaria Municipal de Educação

banner de divulgação da VI Jornada Pedagógica

Profissionais da Educação Infantil participam da VI Jornada Pedagógica

Publicado em: 24/11/2021 11h39 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.210