Notícias

Jogos Estudantis de Xadrez por Equipe agitam estudantes da DRE PJ

Evento foi realizado no ginásio do Instituto Federal de São Paulo, Campus Pirituba

Publicado em: 10/08/2017 17h46 | Atualizado em: 30/11/2020

xadrez_pj_740_x_430.jpg

No dia 8 de agosto, no Instituto Federal de São Paulo, Campus Pirituba, ocorreu a fase regional dos Jogos Estudantis de Xadrez por equipe entre as unidades educacionais da Diretoria Regional de Educação (DRE) – Pirituba/Jaraguá.

O árbitro Estevão Tavares Neto informa que os Jogos Estudantis “são uma competição por equipe, com dois sistemas de disputas: o sistema suíço com o emparceiramento dentro do grupo de pontos de cada escola e o Schuring – um contra todos. As equipes podem ser formadas por até 6 integrantes, 4 titulares e 2 reservas”.

Não há eliminação e as premiações são para todos os participantes que alcançarem as 3 primeiras colocações. As duas primeiras equipes classificadas em cada categoria irão para a final Municipal. Ao todo, 28 unidades educacionais participaram do evento.

A aluna da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Henrique Geisel, Fabiola Rodrigues de Souza, de 14 anos, começou a jogar xadrez há 2 meses e participou do torneio pela primeira vez. “Recomendo a todos tentar jogar uma vez, para ver se gosta ou não da prática”, disse Fabiola.

A também iniciante Ingrid Ferreira Prado, 14 anos, da EMEF Gabriel Silvestre Teixeira de Carvalho, contou que no início achava o jogo difícil e chato. “Agora aprendi as regras e gosto de jogar. É um jogo que envolve muito o raciocínio e a concentração”, observou Ingrid.

A ganhadora da medalha de bronze no individual do ano passado, Luisa Hilario Simas, 10 anos, da EMEF Marechal Spiridião Rosas, afirmou ter continuado os treinos com afinco para a edição deste ano. “É um jogo bem legal, ajuda a ficar concentrado”, contou Luisa.

O pequeno Heitor Molnar Pedro, 6 anos, da EMEF Gabriel Silvestre Teixeira de Carvalho, também se preparou bem para a disputa. “Joguei na escola e em casa. Gosto de jogar para ficar cada vez melhor”, ressaltou.

A estudante Nicoli Benevides de Oliveira, 13 anos, da EMEF Henrique Geisel, desde a 1ª série pratica xadrez e participa dos torneios. Assim como a sua colega de escola, Fabiola, recomenda a todos uma primeira experiência com o xadrez antes de formar uma opinião sobre o jogo.

E não é só nos tabuleiros físicos que os treinos acontecem. A aluna Joyce Menezes, 14 anos, da EMEF Jardim da Conquista, contou que além de treinar na escola ela utiliza um aplicativo de celular para aprimorar a atuação. “Eu acho que o xadrez é relaxante. Mesmo perdendo ou ganhando, fico feliz de estar aqui”, observou Joyce.

Clique aqui e veja a galeria de fotos. 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Uma mãe amamentando uma bebê
Imagem com fundo verde onde se lê 18ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas - OBMEP - IMPA - Somando novos talentos para o Brasil
Whatsapp Image 2023 02 01 At 12.13.21

Reunião de Organização Inicial 2023

Publicado em: 02/02/2023 12h23 - em Diretoria Regional de Educação Guaianases

fotografia de uma mulher auxiliando crianças no processo de higiene Mães Guardiãs
Foto da reunião de planejamento

SME recebe entidades sindicais para diálogo das ações de 2023

Publicado em: 01/02/2023 11h03 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.311