Notícias

Integrantes da Academia Estudantil de Letras Kiusam de Oliveira participam de contação de história e bate papo com a autora

Encontro com a patrona da AEL aconteceu no Sesc Santo Amaro

Publicado em: 14/06/2019 15h01 | Atualizado em: 30/11/2020

emefrebolokiusamprincipal_740x430.jpg

A manhã desta sexta-feira (07) ficará registrada na memória dos integrantes da Academia Estudantil de Letras (AEL) da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Francisco Rebolo, pois aconteceu o tão esperado encontro com a sua patronesse, a escritora Kiusam de Oliveira, no Sesc Santo Amaro.

emefrebolokiusam2_740x430.jpg

Na ocasião os estudantes participaram de um bate-papo com contação de história com a arte-educadora paulistana. “Nos livros que escrevo, procuro voltar meu olhar para o processo de construção de identidades infantis e juvenis saudáveis, buscando contribuir para uma educação antirracista e para o empoderamento feminino”, afirmou a autora.

No bate-papo descontraído a autora contou sua experiência como professora desde a Educação Básica até o ensino Superior e abordou temas como preconceito, discriminação e racismo e formas práticas de combatê-los.

emefrebolokiusam_740x430.jpg

A contação de história foi baseada no livro “O mundo no black power de Tayó”, que traz como protagonista Tayó, menina negra que tem orgulho do seu cabelo crespo com penteado black power, enfeitando-o das mais diversas formas, driblando assim as agressões dos colegas de classe, que dizem que seu cabelo é “ruim”. Mas, a esperta menina questiona “como pode ser ruim um cabelo fofo, lindo e cheiroso? Vocês estão com dor de cotovelo porque não podem carregar o mundo nos cabelos”. É desta forma literária que Kiusam transforma o enorme cabelo crespo de Tayó numa metáfora para a riqueza cultural do povo negro e para a riqueza da imaginação de uma menina.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

1 2 3 1.459