Notícias

Inscrições abertas para Curso de Língua Portuguesa para migrantes

Interessados podem se inscrever em qualquer momento do ano; são 16 polos de atendimento na cidade

Publicado em: 23/01/2024 13h01 | Atualizado em: 23/01/2024

Curso Língua portuguesa para migrantes 100% gratuitoNa cidade de São Paulo há 16 escolas municipais da Rede Municipal de Ensino (RME) que oferecem curso de Língua Portuguesa para adultos, acima de 15 anos, que migraram para o Brasil. Os interessados, independente da sua condição migratória e documental, podem se inscrever diretamente na escola de escolha em qualquer momento do ano letivo.

A ação faz parte do Projeto Portas Abertas – Português para migrantes, promovido em parceria com Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) e tem o objetivo de oferecer o ensino da língua portuguesa de forma gratuita e capilarizada, ou seja, distribuída pelas diferentes regiões da cidade.

O projeto considera que as competências linguísticas são essenciais para que esta população usufrua de seus direitos, acesse os serviços públicos e o mercado de trabalho.

O curso é dividido em três módulos – básico, intermediário e avançado. Os encontros são realizados duas vezes por semana, com três horas-aula de duração. As aulas são ministradas por professores da RME que participaram de formação oferecida pela Secretaria Municipal de Educação e SMDHC.

O conteúdo do curso se baseia em material didático próprio para cada módulo e traz atividades que promovem discussões sobre combate ao racismo, machismo e respeito à diversidade de gênero.

Para se inscrever

A inscrição pode ser feita na escola onde o migrante pretende frequentar as aulas em qualquer momento do semestre letivo. Ao todo, são 16 unidades espalhadas pela capital como polo de atendimento.

Para efetuar a matrícula, basta apresentar um documento de identificação (serão aceitos aqueles emitidos no Brasil ou mesmo no país de origem) e um comprovante de residência. Caso não possua este último, pode ser preenchida a declaração de residência (Link para um novo sítio).

 

Certificação

Para obter o certificado de cada módulo é necessário que os alunos tenham comparecido a pelo menos 75% das aulas durante o semestre. Cada módulo equivale a 90 horas/aula.

Atualmente, 16 unidades da Rede Municipal de Ensino contam com o projeto. São elas:

CENTRO
CIEJA PAULO EMÍLIO VANZOLINI (CIEJA CAMBUCI)
Rua Cesário Ramalho, 111 – Cambuci – 3208-7820

ZONA NORTE
EMEI JOSÉ ROBSON DA COSTA (BOMBEIRO)
Rua Mons.Paulo Fernandes de Barros, S/N – Jardim Cachoeira – 3983-5772

EMEF ESPAÇO DE BITITA
R. Comendador Nestor Pereira, 285 – Canindé – 3313-1988.

EMEFM VEREADOR ANTONIO SAMPAIO
R. Voluntários da Pátria, 733 – Santana – 2221-4615

ZONA SUL
EMEF DES. PAULO COLOMBO PEREIRA DE QUEIROZ
Rua Doutor Abelardo da Cunha Lobo, 348 – Parque Arariba – 5511-1640

CIEJA CLOVIS CAITANO MIQUELAZZO – IPIRANGA
R. François Bunel, 250 – Parque Bristol – 2334-2300

ZONA OESTE
EMEF DESEMBARGADOR ARTHUR WHITAKER
Rua André Saraiva, 860 – Vila Sônia – 3742-5772 |

EMEF DESEMBARGADOR SILVIO PORTUGAL
Rua Francisco Savério Orlandi, 141 – Jardim Libano – 3904-8722

ZONA LESTE
CEU EMEF JAMBEIRO
Avenida José Pinheiro Borges, 60 – Jardim Helena – 2960-2034 /2960-2036

CEU EMEF PROFA NAZARE NERI LIMA (CEU ÁGUA AZUL)
Avenida dos Metalúrgicos, 1300 – Cidade Tiradentes – 3396-3545 /3396-3547

EMEF CARLOS CHAGAS
Avenida Osvaldo Valle Cordeiro, 337 – Jardim Brasilia – 2741-1742

EMEF Dias Gomes
R. Aléssio Prati, 42 – Vila Iolanda – Lajeado – 2961-0086

EMEF JULIO DE GRAMMONT
Tv. Meiri, 73 – Jardim Rodolfo Pirani – 2751-3175

EMEF ARTHUR AZEVEDO
Parque Butuí, S/N – Tatuapé – 2941-9022 /2092-0005

EMEF PRESIDENTE PRUDENTE DE MORAIS
Rua Juiz de Fora, 980 – Vila Ema – 2154-0339

EMEF JOSÉ MARIA WHITAKER
Av. Satélite, 688 – Cidade Satelite Santa Barbara – 2919-2397

Notícias Mais Recentes

1 2 3 1.457