Notícias

Imprensa Jovem é 10!

Seminário na Câmara Municipal comemora os 10 anos da Imprensa Jovem nas escolas da Rede Municipal de Ensino

Publicado em: 03/12/2015 15h05 | Atualizado em: 30/11/2020

imprensa_jovem_e_10.jpg
Clique aqui e acesse o selo comemorativo criado especialmente para os 10 anos da Imprensa Jovem 

No dia 15 de dezembro, das 18h30 às 22h, o auditório Prestes Maia da Câmara Municipal de São Paulo será palco de uma grande celebração: o seminário que marca os 10 anos do projeto Imprensa Jovem, desenvolvido pelo Núcleo de Educomunicação da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME).

Para participar do seminário, é preciso fazer inscrição preenchendo este formulário. O evento conta com 180 vagas voltadas a estudantes, professores, equipe técnica e gestores educacionais, pesquisadores e demais interessados nas temáticas da educomunicação.

Comemoração – Motivos para comemorar não faltam. Criada em 2005, a Imprensa Jovem já conta com aproximadamente 150 agências de notícia em funcionamento nas escolas de Ensino Infantil e Fundamental da capital paulista. Nelas, por meio da produção jornalística multimídia, cerca de 2,5 mil crianças e jovens desenvolvem de maneira autônoma e colaborativa suas habilidades críticas e criativas, elaborando pautas, pesquisando e produzindo conteúdos em diferentes formatos, como rádio, vídeo, blog, mídias sociais, fotografia, jornal impresso e quadrinhos, por exemplo.

A história de sucesso da Imprensa Jovem tem suas raízes no projeto piloto Educom.Rádio, desenvolvido entre 2001 e 2004 pela SME em parceria com o Núcleo de Comunicação (NCE) da ECA/USP. A iniciativa deu tão certo que virou política pública reconhecida pela Lei 13.941/2004 e regulamentada pela Portaria 5.792/2009, garantindo sua permanência e ampliação.

Nesse contexto, a criação da Imprensa Jovem surgiu como estratégia para fortalecer as práticas educomunicativas nas escolas municipais, a partir do protagonismo das crianças e jovens. Nas agências de notícias do projeto, quem dá a palavra final são os estudantes. Mas os professores têm papel fundamental na mediação pedagógica do planejamento, realização e avaliação das produções jornalísticas.

A camisa laranja com o lápis antena que simboliza a Imprensa Jovem já se tornou conhecida na cidade. Os repórteres estudantes marcam presença no dia a dia da comunidade escolar e também participam da cobertura colaborativa de grandes eventos. Em 2014, por exemplo, eles estiveram na Bienal do Livro e, em 2015, na Campus Party.

A excelência do projeto Imprensa Jovem já foi reconhecida pelos prêmios Paulo Freire de Qualidade na Educação (concedido pela Câmara Municipal de São Paulo) e Educação em Direitos Humanos (da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo).

Programação – A programação do seminário inclui a participação de personalidades que foram fundamentais para o surgimento e continuidade do projeto, como o professor Ismar Soares, da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP) e o professor Carlos Lima, coordenador do Núcleo de Educomunicação da SME. Mas o grande destaque será para os próprios estudantes e professores que tocam as agências de notícias nas escolas. Mais detalhes podem ser conferidos no blog: imprensajovem10.wordpress.com

Conheça a programação do seminário

Credenciamento – a partir das 18h30

19h: Abertura oficial

DIÁLOGO I – A voz e vez do(a) jovem educomunicador(a)

O painel que abre o seminário contextualiza o impacto da Imprensa Jovem na vida de quatro participantes do projeto. Eles contarão sobre suas vivências e aprendizados e responderão a perguntas do público. 

  • Gabriela Vallim – Ativista social, atua no Coordenadoria de Juventude da SMDHC, ex-aluna repórter de equipe Imprensa Jovem
  • Ivanilson Silva – Mobilizador cultural na região de Morro Doce Perus, atua no projeto Nas Ondas do Marili
  • Dodô Calixto – Pesquisador na ECA/USP, atuou no projeto Educom.Rádio (EMEF Assad Abdalla)
  • Lais Costa – Modelo, atuou no projeto de Rádio da EMEF Carlos Pasquale
  • Mediação: Prof. Dr. Ismar de Oliveira Soares (ECA-USP)

Lançamento – Concurso Cultural de Fotografia “Meu Bairro é Zica”

DIÁLOGO II – Desafios da Educomunicação na Rede

Este painel pretende abordar quais serão os rumos da Educomunicação nas escolas paulistanas, bem como avaliar a proposta e suas contribuições para a formação humana dos estudantes da Rede. O projeto Entre Versos e Controversos – Arte e Intervenção Social vai articular os depoimentos dos participantes com música e poesia.

Convidadas:

  • Cristina Massei – Gestora de Tecnologias para Aprendizagem DRE Campo Limpo e acompanha os projetos do Nas Ondas do Rádio desde 2005
  • Maria Rita Teixeira de Araujo – Aluna repórter do projeto Rádio JMS 4.0
  • Nalva Marques – Co-coordenadora do projeto Rádio Cartola desenvolvido na EMEI Agenor de Oliveira Cartola
  • Silene Lourenço – Formadora do Núcleo de Educomunicação – SME/SP desde 2010 

22h: Encerramento do evento

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem mostra, em primeiro plano, uma criança se alimentando. Ela está com uma colher na boca e um prato em sua frente. Ao fundo, outras crianças também comendo e funcionarias da escola auxiliando
Programação de dezembro- imigrante e cultura inclusiva

Migração e acessibilidade são eixos centrais da programação dos CEUs em dezembro

Publicado em: 06/12/2021 6h29 - em Secretaria Municipal de Educação

Mão infantil segurando massinha de modelar
mão feminina preenchendo gabarito de prova de concurso

SME convoca candidatos aprovados em lista específica de Negro, Negra ou Afrodescendentes

Publicado em: 04/12/2021 1h30 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de uma professora sentada do chão. Ela segura um caderno com uma figura e mostra para a criança que está em pé em sua frente.

SME amplia em 1.068 o número de cargos para a Educação Infantil Municipal

Publicado em: 03/12/2021 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.212