Notícias

Homenagem da DRE Butantã a Raquel Trindade

Filha do poeta Solano Trindade, Raquel contribuiu com o memorial da EMEF que leva o nome de seu pai.

Publicado em: 24/04/2018 11h50 | Atualizado em: 30/11/2020

raq_trindade_740x430.jpg

No último domingo, 15 de abril, morreu a artista Raquel Trindade, filha do poeta Solano Trindade. Raquel participou ativamente da construção dos registros do memorial de seu pai que se encontra na Escola Municipal de Educação Fundamental (EMEF) Solano Trindade.

Raquel Trindade foi escritora, artista plástica, folclorista, dançarina e matriarca da cultura negra. Morreu aos 81 anos e seu corpo foi velado no Teatro Popular Solano Trindade, fundado por ela mesma em homenagem ao pai.

“Raquel foi uma referência política e ideológica. Participava dos eventos da escola e defendia discursos essenciais em âmbito social, principalmente relacionados ao movimento negro”, diz Débora Veras, assistente técnica educacional da Diretoria Regional de Educação (DRE) Butantã.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

1 2 3 1.439