Notícias

Estudantes participam de desafio lançado por museus em diferentes partes do mundo

Proposta da EMEF Rogê Ferreira estimulou a releitura de obras de artes utilizando objetos caseiros

Publicado em: 15/07/2020 15h15 | Atualizado em: 30/11/2020
Imagens de obras de arte com releitura feitas por estudantes

Estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Deputado Rogê Ferreira fazem releitura de obras de arte consagradas no mundo utilizando objetos caseiros. Proposta teve inspiração em um desafio lançado por museus de diferentes partes do mundo durante o período de isolamento social decorrente da pandemia da Covid-19.

Atividade foi coordenada pela professora de Artes, Gisneide Tavares, que atua na escola situada no bairro do Jaraguá. Estudantes, suas famílias e educadores da unidade foram desafiados a reconstruírem cenas de importantes obras de arte e registrá-las por meio de fotografia.

Trabalhos como “O pensador”, do escultor Auguste Rodin; o “O filho do homem”, do pintor René Magritte; “O Grito” de Edvard Munch e “Moça com brinco de pérola”, de Johannes Vermeer, são exemplos de referências escolhidas pelos estudantes. Para compor as releituras foram utilizadas peças de roupas, frutas, instrumentos musicais, objetos domésticos e muita imaginação.

Para Gisneide, a atividade promoveu um grande passeio cultural sem sair de casa. “O resultado vai além das imagens. Houve pesquisa e conhecimento artístico e histórico, interação com as famílias, fortalecimento da equipe, estimulou a criatividade e o protagonismo dos participantes, que foram modelos ou produtores dos trabalhos”, completa a professora de Artes.

Para conferir mais imagens produzidas a partir desta proposta basta acessar a página do facebook da EMEF Rogê Ferreira.

Outras ações – Estudantes do Ciclo de Alfabetização conheceram sobre vida e obra do artista ítalo-brasileiro Alfredo Volpi e depois realizaram suas próprias composições inspirados nas fachadas e bandeirinhas, que tornaram este artista tão popular. A técnica livre permitiu que as crianças utilizassem colagem, desenho e pintura e outros materiais acessíveis no momento.

Imagens também podem ser conferidas nas páginas do Facebook da escola.

Notícias Mais Recentes

1 2 3 1.438