Notícias

Estudantes do Ensino Médio fazem simulado Enem

São avaliados cerca de mil alunos. Aplicação das provas acontecerá no primeiro e no segundo semestre nos próximos três anos

Publicado em: 30/06/2017 12h36 | Atualizado em: 30/11/2020

Estudantes_Ensino_Medio_fazem_simulado_Enem_740_x_430.jpg

Pela primeira vez, os estudantes da 3ª série do Ensino Médio da Rede Municipal de Ensino da cidade de São Paulo fazem simulados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Cerca de mil alunos são avaliados por meio de provas que serão aplicadas no primeiro e no segundo semestre nos próximos três anos.

Da mesma forma como ocorre com o Enem, os alunos são submetidos a provas que envolvem as diversas áreas do conhecimento e seus componentes curriculares: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação), Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia), Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Química, Física e Biologia) e Matemática e suas Tecnologias (Matemática).

Os avaliados possuem quatro horas para responder 185 questões objetivas e desenvolver uma redação. Para os estudantes com deficiência visual ou baixa visão, são oferecidas provas em braile ou ampliada. Os estudantes surdos ou com alguma deficiência auditiva podem contar com vídeos e tradutores especializados na Língua Brasileira de Sinais (Libras) para orientações durante a prova.

“Além de propiciar a vivência dos alunos com um dos tipos de avaliação externa institucionalizada no país, o simulado é uma atividade pedagógica que, entre muitas outras, estimulam a aprendizagem dos estudantes e a sua co-responsabilização pela própria aprendizagem. Para os professores, também é uma experiência pedagógica que incita o debate sobre a função das avaliações externas aliadas à aprendizagem e suas possibilidades de ação”, enfatiza Minéa Paschoaleto, Diretora da Divisão Técnica de Ensino Fundamental e Médio da SME.

O simulado foi viabilizado por meio de um acordo de cooperação técnica entre a Secretaria Municipal de Educação (SME) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O acordo prevê que a FGV ofereça para a SME seu pacote de questões até 2019 e faça o processamento da proficiência dos estudantes em cada área, com base no seu desempenho. A SME se encarrega de fazer a digitalização dos cartões de respostas para obter a porcentagem dos acertos utilizando o Sistema Educacional de Registro de Aprendizagem (SERAp), assim como a correção da redação. Ambos os resultados são disponibilizados aos alunos e unidades escolares no Sistema de Gerenciamento Pedagógico (SGP).

A realização dos simulados ocorreu entre os dias 27 e 29 de junho nas nove Escolas Municipais de Ensino Fundamental e Médio da capital. Atualmente a SME possui 1.053 alunos cursando o 3º ano do Ensino Médio. Clique aqui e veja a lista de escolas municipais que oferecem esta modalidade de ensino.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Arte com a capa do documentário ‘Educação Presente para o Futuro’.
Logomarca da Semana Do Brincar - data de 21 e 28 de maio

Programação da Semana Municipal do Brincar começa neste sábado (21)

Publicado em: 18/05/2022 6h58 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia aérea de um grupo de pessoas sentados na grama no CECI Tenondé Porã.

Indígenas do CECI Tenondé Porã aprendem técnicas de primeiros socorros

Publicado em: 18/05/2022 5h59 - em Secretaria Municipal de Educação

Arte com o texto

JAM Virtual 2022: evento desafia estudantes e professores a criarem protótipos de robôs

Publicado em: 18/05/2022 12h32 - em Secretaria Municipal de Educação

Grupo de homens idosos em uma quadra poliesportiva

CEUs se classificam para etapa regional do Jogos Estaduais da Melhor Idade

Publicado em: 17/05/2022 11h38 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 1.239