Notícias

Estudantes de EMEF ajudam a desenvolver game que incentiva a alimentação saudável

Aplicativo foi desenvolvido por Instituto Akatu com co-criação de estudantes da EMEF João Domingues Sampaio e de mais três escolas

Publicado em: 02/05/2019 18h08 | Atualizado em: 04/05/2021

Rangomania_740x430.jpg

Estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) João Domingues Sampaio, situado no bairro Vila Maria Alta, na Zona Norte de São Paulo, participaram como co-criadores do desenvolvimento de um aplicativo que estimula a alimentação saudável. O aplicativo “RangoMania: um game” foi desenvolvido em parceria com o Instituto Akatu e envolveu mais três escolas públicas de diferentes regiões do país.

O jogo incentiva que jovens selecionem melhor as opções para sua dieta, destacando o efeito da alimentação desequilibrada para sua saúde e seu dia a dia. O lançamento da plataforma aconteceu nesta quinta-feira (02) na EMEF João Domingues Sampaio.

O processo para a construção do aplicativo ocorreu em 2018 e envolveu cerca de 200 alunos do 6º ano ao 9º ano da EMEF, que atualmente estão no 7º ano. Em um dos encontros os estudantes participaram de um bate papo no qual foi possível investigar seus hábitos alimentares. Em outro encontro os estudantes participaram de uma maratona de jogos que resultaram em ajustes da plataforma.

A parceria da escola com o Instituto Akatu surgiu em 2016, a partir das aulas de ciências que tinha com o tema a alimentação. Os estudantes utilizaram os jogos do circuito “Comer, dividir e brincar” e, a partir daí, estreitaram os laços com a instituição, que resultou em formações e cadastro dos alunos na plataforma.

“Trabalhar o assunto da alimentação saudável na escola é fundamental. Além de aumentar o consumo dos alimentos da merenda escolar, cujo cardápio é equilibrado e elaborado por nutricionistas, também trabalhamos numa perspectiva preventiva de promoção da saúde de todos. Afinal, nossos estudantes são multiplicadores das informações que aprendem na escola”, comenta a Coordenadora Pedagógica da EMEF João Domingues, Elisângela Janoni.

RangoMania

O aplicativo busca compartilhar saberes, experiências e perspectivas sobre educação nutricional de diferentes regiões do país, com destaque para a valorização dos alimentos regionais. Além disso, facilita o entendimento da relação entre os alimentos escolhidos no momento das compras e as refeições elaboradas a partir deles.

O aplicativo será disponibilizado para download gratuito aos usuários de Android ou iOS e será sugerido como atividade por meio do Edukatu (www.edukatu.org.br) – rede de aprendizagem para alunos e professores do Ensino Fundamental de todo o Brasil.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem mostra, em primeiro plano, uma criança se alimentando. Ela está com uma colher na boca e um prato em sua frente. Ao fundo, outras crianças também comendo e funcionarias da escola auxiliando
Programação de dezembro- imigrante e cultura inclusiva

Migração e acessibilidade são eixos centrais da programação dos CEUs em dezembro

Publicado em: 06/12/2021 6h29 - em Secretaria Municipal de Educação

Mão infantil segurando massinha de modelar
mão feminina preenchendo gabarito de prova de concurso

SME convoca candidatos aprovados em lista específica de Negro, Negra ou Afrodescendentes

Publicado em: 04/12/2021 1h30 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de uma professora sentada do chão. Ela segura um caderno com uma figura e mostra para a criança que está em pé em sua frente.

SME amplia em 1.068 o número de cargos para a Educação Infantil Municipal

Publicado em: 03/12/2021 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.212