Notícias

Estudantes da EMEI Jardim Apurá produzem “enciclopédia infantil” sobre animais e plantas

Orientadas pela professora Fabiana Gonçalves, as crianças fizeram livro com desenhos, fotografias, fichas de descrição e frases que definiam cada um dos componentes

Publicado em: 29/08/2023 16h13 | Atualizado em: 04/09/2023

Por meio de uma forma muito criativa, os estudantes da turma 7K, da EMEI Jardim Apurá, escreveram um livro que pode ser considerado uma espécie de “enciclopédia infantil”. Curiosas, as crianças, que têm entre 4 e 6 anos, se interessaram pelos animais e plantas presentes no espaço da unidade educacional e passaram a querer se aprofundar mais sobre as características de cada um.

Imagem 1

Estudantes da EMEI Jardim Apurá com uma lagarta nas mãos

As crianças foram orientadas pela professora Fabiana Gonçalves e, como consequência, tiveram a ideia de criar um livro. Intitulado “Todos os bichinhos”, a obra é composta por desenhos, fotografias, fichas de descrição e frases que definem cada um dos componentes. Ou seja, a origem do livro foi da imaginação e da vontade das crianças, sendo um projeto “lúdico, feito por eles e para eles”, segundo a professora.

“A ideia não era fazer um livro, mas começaram a aparecer diversas lagartas no nosso espaço e as crianças ficaram apaixonadas. E, nesse processo, elas começaram a reparar nos outros animais e nas plantas, tendo a ideia de fazer um livro com aqueles que mais gostassem e se interessassem”, afirmou Fabiana.

Imagem 2

Capa do livro “Todos os bichinhos”, feito pelos estudantes da EMEI Jardim Apurá

A “enciclopédia” é composta por 26 componentes, e todas as crianças se envolveram na elaboração, de modo que, para cada componente, uma criança ilustrava e narrava uma frase que definia o inseto (ou “bichinho”) conforme seu entendimento. Neste processo de pesquisa e investigação, a professora documentava por meio de fotografias, as quais foram compondo o material junto com as produções das crianças e, posteriormente, digitalizado.

É importante destacar a importância da mediação da professora no processo de investigação e pesquisa com as crianças, as quais aprofundaram seu conhecimento depois de buscarem mais informações nos livros disponibilizados pela unidade educacional, originando as “fichas de descrição”.

Imagem 3

Página do livro “Todos os bichinhos” com ilustração, frase e fotografia da joaninha, um dos 26 componentes

Outro ponto grandioso nesta proposta refere-se à articulação que a professora fez com a Educação Inclusiva e Antirracista. No momento em que os estudantes perceberam as diferenças entre os “bichinhos” de mesma espécie, a educadora comparou essa situação com a diversidade humana, refletindo com as crianças acerca dos variados formatos do corpo, dos diferentes tipos de cabelo, da diversidade dos tons de pele, das várias alturas, das diferentes cores dos olhos e de todo esse universo que compõe a diversidade humana.

“Eles começaram a olhar a diferença como beleza, passando a entender que há diferentes tipos de belo. Um exemplo foi uma estudante que se encantou por uma folha seca do limoeiro por ela ter ‘cheiro de limão’”, observou.

“Algumas crianças até mudaram o jeito de se vestir e passaram a se achar mais bonitas, porque a valorização das diferenças aumentou a autoestima delas”, completou Fabiana.

O interesse das crianças pelos “bichinhos” foi tamanho que, automaticamente, outros projetos com o mesmo tema começaram a surgir. Trabalhos em argila, aquarela e até jogos (como o da memória) são apenas alguns exemplos de atividades oriundas da curiosidade dos estudantes por esse assunto.

Imagem 4

Imagem do jogo da memória criado pelos estudantes da EMEI Jardim Apurá, inspirados no tema do livro “Todos os bichinhos”

Imagem 5

Imagem de trabalho com argila e tinta feito pelos estudantes da EMEI Jardim Apurá, inspirado no tema do livro “Todos os bichinhos”

Como iniciativa também das crianças, a “enciclopédia infantil” será encadernada e exposta na biblioteca da unidade educacional, a fim de que todos tenham acesso a essa obra tão engenhosa e imaginativa.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia mostra estudantes vestidos de preto com os rostos pintados com diferentes máscaras africana. Eles estão em um cenário com folhas secas ao chão e árvores pretas ao fundo. Há um menino com um instrumento de percussão.

Escola municipal apresenta peça de teatro sobre cultura africana

Publicado em: 29/11/2023 1h06 - em Secretaria Municipal de Educação

Composição com duas imagens: a primeira, da esquerda para direita, mostra uma minhoca feita de cartolina e, ao fundo, um saco preto; a segunda imagem mostra um pessoa manuseando terra de uma composteira.

Projeto da EMEF Profª Thereza Maciel de Paula ganha o Prêmio Ciência para Todos

Publicado em: 29/11/2023 12h35 - em Secretaria Municipal de Educação

foto de uma mão procurando um nome numa lista
Xadrez

2 mil estudantes da Rede Municipal disputam a final do 27º Campeonato de Xadrez

Publicado em: 28/11/2023 10h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Estante de livros.

Seminário reúne ações de impacto sociocultural na área de Literatura

Publicado em: 27/11/2023 4h53 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 1.406