Notícias

EMEI Jardim Keralux e USP-Leste trabalham juntas em projeto de atividade física

Atividade visa trabalhar não só a parte motora como também a confiança entre crianças e professores.

Publicado em: 04/10/2016 14h53 | Atualizado em: 30/11/2020

EMEI_Keralux_e_USP_Leste_juntas_projeto_atividade_fisica_740_x_430.jpg

A Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Jardim Keralux vem trabalhando em parceria com o curso de Educação Física da Universidade de São Paulo (USP) campus Leste, um projeto de atividade física visando não só o desenvolvimento da coordenação motora, mas também a afetividade e confiança entre as crianças e os professores.

Essa parceria existe desde 2010, e de acordo com o professor da USP-Leste, Alessandro Ré, que leciona a disciplina “Programa de Atividade Física Na Infância”, vêm se fortalecendo ao longo dos anos fazendo um excelente trabalho tanto com os seus alunos, os quais tem uma experiência prática de aula, quanto com as crianças da EMEI Jardim Keralux.

“Costumo dizer para os alunos que a atividade física é uma ferramenta de integração social, de qualidade de vida, e não só fazer a atividade física como fim de si mesma”, explicou o Alessandro Ré.

O trabalho da parte motora é importante, porém para o professor Alessandro é tão importante quanto, a criança adquirir uma relação de confiança com os professores adultos, bem como começar a criar uma visão de que elas estão dentro da universidade, e que têm condição de estudar e progredir.

Logo no início do projeto há uma reunião entre os responsáveis por este e a escola para pontuar e explicar como tudo será executado, em seguida é feita uma avaliação motora das crianças a fim de apontar qual o tipo de exercício que elas precisam focar mais, com essas informações eles partem para o planejamento das aulas.

Os professores do Jardim Keralux vão com as crianças até o campus da USP-Leste, lá são divididas em grupos e fazem rodízio entre as atividades, que vão desde jogos com bolas e cordas até exercícios de salto e equilíbrio. Em dias de chuva e frio, o pessoal da USP é quem vai ao encontro deles e adapta as atividades com o que a escola proporciona.

O corpo docente do EMEI nota que nos dias das aulas a frequência dos alunos é consideravelmente maior, e as crianças aproveitam e esperam ansiosas pelas atividades, “essa proposta é muito importante também porque as crianças, em sua maioria, não têm espaço em casa para brincar e praticar exercícios e aqui com esse projeto elas se sentem livres para isso”, declarou a professora Elizete Chaves Bento.

Confira uma Galeira de Imagens de uma das atividades.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Mulheres na sala de aula de Confeitaria. Elas estão de frente para mesa coletiva e manuseiam uma massa em forminhas. Também usam máscara de proteção individual, avental e touca.

Inscrições abertas para as turmas de 2023 dos cursos gratuitos profissionalizantes dos CMCTs

Publicado em: 28/11/2022 11h50 - em Secretaria Municipal de Educação

Cowparede - fotografia de esculturas de vacas pintadas por artistas

CEU Paraisópolis recebe exposição CowParade

Publicado em: 25/11/2022 1h01 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de grupo de estudante tocando instrumentos de percussão

EMEF Imperatriz Leopoldina forma ritmistas com ‘batucada’

Publicado em: 25/11/2022 10h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Capa do Álbum de Mancala Awelé feito por um estudantes.

Confira o resultado do concurso “Meu Álbum de Mancala Awelé”

Publicado em: 24/11/2022 11h37 - em Secretaria Municipal de Educação

Viii Jornada Pedagógica
1 2 3 1.299