Notícias

EMEI Jardim Keralux e USP-Leste trabalham juntas em projeto de atividade física

Atividade visa trabalhar não só a parte motora como também a confiança entre crianças e professores.

Publicado em: 04/10/2016 14h53 | Atualizado em: 30/11/2020

EMEI_Keralux_e_USP_Leste_juntas_projeto_atividade_fisica_740_x_430.jpg

A Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Jardim Keralux vem trabalhando em parceria com o curso de Educação Física da Universidade de São Paulo (USP) campus Leste, um projeto de atividade física visando não só o desenvolvimento da coordenação motora, mas também a afetividade e confiança entre as crianças e os professores.

Essa parceria existe desde 2010, e de acordo com o professor da USP-Leste, Alessandro Ré, que leciona a disciplina “Programa de Atividade Física Na Infância”, vêm se fortalecendo ao longo dos anos fazendo um excelente trabalho tanto com os seus alunos, os quais tem uma experiência prática de aula, quanto com as crianças da EMEI Jardim Keralux.

“Costumo dizer para os alunos que a atividade física é uma ferramenta de integração social, de qualidade de vida, e não só fazer a atividade física como fim de si mesma”, explicou o Alessandro Ré.

O trabalho da parte motora é importante, porém para o professor Alessandro é tão importante quanto, a criança adquirir uma relação de confiança com os professores adultos, bem como começar a criar uma visão de que elas estão dentro da universidade, e que têm condição de estudar e progredir.

Logo no início do projeto há uma reunião entre os responsáveis por este e a escola para pontuar e explicar como tudo será executado, em seguida é feita uma avaliação motora das crianças a fim de apontar qual o tipo de exercício que elas precisam focar mais, com essas informações eles partem para o planejamento das aulas.

Os professores do Jardim Keralux vão com as crianças até o campus da USP-Leste, lá são divididas em grupos e fazem rodízio entre as atividades, que vão desde jogos com bolas e cordas até exercícios de salto e equilíbrio. Em dias de chuva e frio, o pessoal da USP é quem vai ao encontro deles e adapta as atividades com o que a escola proporciona.

O corpo docente do EMEI nota que nos dias das aulas a frequência dos alunos é consideravelmente maior, e as crianças aproveitam e esperam ansiosas pelas atividades, “essa proposta é muito importante também porque as crianças, em sua maioria, não têm espaço em casa para brincar e praticar exercícios e aqui com esse projeto elas se sentem livres para isso”, declarou a professora Elizete Chaves Bento.

Confira uma Galeira de Imagens de uma das atividades.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem mostra, em primeiro plano, uma criança se alimentando. Ela está com uma colher na boca e um prato em sua frente. Ao fundo, outras crianças também comendo e funcionarias da escola auxiliando
Programação de dezembro- imigrante e cultura inclusiva

Migração e acessibilidade são eixos centrais da programação dos CEUs em dezembro

Publicado em: 06/12/2021 6h29 - em Secretaria Municipal de Educação

Mão infantil segurando massinha de modelar
mão feminina preenchendo gabarito de prova de concurso

SME convoca candidatos aprovados em lista específica de Negro, Negra ou Afrodescendentes

Publicado em: 04/12/2021 1h30 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de uma professora sentada do chão. Ela segura um caderno com uma figura e mostra para a criança que está em pé em sua frente.

SME amplia em 1.068 o número de cargos para a Educação Infantil Municipal

Publicado em: 03/12/2021 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.212