Notícias

EMEF Prof. Remo Rinaldi Naddeo recebe palestra sobre a África

Evento trouxe uma nova visão sobre o continente africano aos estudantes

Publicado em: 20/06/2018 14h50 | Atualizado em: 30/11/2020

palestra_africa_imprensa_jovem_740_x_430.jpg

Matéria produzida pela equipe de Imprensa Jovem da EMEF Prof. Remo Rinaldi Naddeo

No dia 6 de junho, a Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Professor Remo Rinaldi Naddeo, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Pirituba/Jaraguá, recebeu o palestrante, professor e pesquisador Natanael dos Santos e o quinteto musical Liberdade Liberdade. A palestra abordou o continente africano e sua beleza. Eles enalteceram a cultura africana, mostraram que a visão de algumas pessoas sobre a África é precipitada, e que o continente que é chamado de pobre é um dos mais ricos em maravilhas naturais, em diversidade cultural, em matéria prima e em história. Eles trouxeram também fatos sobre o continente africano que nos livros, muitas vezes, não são mostrados.

Natanael falou também sobre o empoderamento dos negros e que traços que são motivo de chacota para alguns para outros pode ser motivo de orgulho. O palestrante afirmou que, para ele, ”não existe preconceito, existe falta de informação”, o que é uma grande verdade em um mundo onde os negros criadores, gênios, cientistas e profetas que contribuíram muito para nosso planeta são embranquecidos ou até esquecidos, deixando a visão da sociedade perante os negros distorcida.

O palestrante explicou sobre a falta de informação e o julgamento que o continente africano sofre, e que sempre que uma pessoa pensa sobre a África é influenciada por um lado negativo, como a pobreza, escravidão, feitiçaria, ebola, entre outras coisas absurdas.

Com congas, violino, teclado, violoncelo e usando a habilidade vocal, o grupo Liberdade Liberdade fez apresentações excepcionais, que encantaram a todos. Uma das canções foi “The Lion Sleeps Tonight” do filme clássico da Walt Disney, ”O Rei Leão”, que, como foi dito na palestra, foi inspirado em uma antiga história de um reino africano. As apresentações do grupo foram importantes para mostrar que a música africana, tão pouco valorizada em nosso país, é tão boa e toca nosso coração, além de ajudar a quebrar os paradigmas de que música africana é somente “batuques com o tambor”.

O mais interessante foi que Natanael, sua equipe e o grupo musical, além de usarem vestimentas típicas africanas, se preocuparam e levaram instrumentos musicais para realizar uma brincadeira cultural com os alunos, onde foi mostrado que a matemática está muito ligada á música africana, e que instrumentos como cachichi, pandeiro e agogô podem ser tocados facilmente usando a matemática.

Com certeza essa palestra foi muito importante para podermos conhecer nossas raízes, e entendermos que a África é um continente maravilhoso, e abrirmos os olhos e ver que por muitas vezes valorizamos mais o continente no qual nós não temos raízes, do que o continente que contribuiu para dar origem à nossa cultura. Os alunos adoraram a apresentação do quinteto e a palestra, que foi muito divertida e interativa e ampliou o conhecimento cultural e educativo para todos. Essa palestra deixou os alunos mais interessados para conhecer a África e isso já é um começo para acabar com os mitos e preconceitos com esse continente.

Saravá Aiê Abá! (A paz esteja com você)

Autoria das alunas Ana Caroline Rodrigues da Silva, Ana Luiza Silva da Cruz e Glória Maria Silva Araújo.

Veja a galeria de fotos

Veja os vídeos:

Vídeo 1
Vídeo 2

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Foto de um trem de brinquedo de madeira. A primeira e a última parte são vagões ao centro, uma parte é a letra A em vermelho, outra a letra E em verde e outra a letra L em amarelo é

Academias Estudantis de Letras realizam mostra cultural online

Publicado em: 20/10/2021 8h00 - em Academia Estudantil de Letras

Imagem de um braço e uma mão segurando uma vacina para aplicar.

SME participa da Campanha Municipal de Multivacinação

Publicado em: 19/10/2021 2h42 - em Secretaria Municipal de Educação

Composição com quatro imagens . No primeiro quadrante de cima para baixo, da esquerda para direita: em fundo preto imagem de seis coroas coloridas feitas de fitas e missangas; no segundo quadrante a imagem do rosto de uma mulher negra, ela usa turbante dourado; no terceiro quadrante, vários frascos de perfumes com imagens e flores dentro deles; e no último há uma escultura.
Fotografia de uma professora e seus estudantes da EMEI sentados sobre uma toalha xadrez verde. Eles estão em um piquenique na área externa com grama, folhas secas e árvores. Ao fundo um homem está em pé, ele usa roupas e luvas verdes.

EMEI Parque Brasil inaugura o Bosque Arco-Íris

Publicado em: 19/10/2021 10h00 - em Secretaria Municipal de Educação

print da tela do encontro de escuta ativa do dia 18/10/21

Servidores das DREs Ipiranga e Guaianases participam de seminário no Ciclo de Escuta Ativa

Publicado em: 18/10/2021 4h55 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 1.200