Notícias

EMEF Prof. David Luiz Sobrinho tem aluna selecionada para fazer parte do Parlamento Jovem 2015.

Prêmio dá oportunidade para jovens participarem por um dia, das funções e dos trabalhos da Câmara Municipal.

Publicado em: 24/11/2015 13h26 | Atualizado em: 30/11/2020

mayara_parlamento_740_x_430.jpg

A aluna Mayara da Silva Tavares, do 8ºB foi selecionada para participar do Prêmio Parlamento Jovem 2015, por conta de seu projeto chamado ‘Dia da Troca de Livros nas escolas da cidade de São Paulo’. O projeto realizado em 2015, na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Professor Luiz David Sobrinho, pautado na importância do protagonismo juvenil e ações estudantis por meio do Grêmio Estudantil, foi o ponto de partida para a realização do Projeto de Lei: ‘Dia da Troca de Livros nas escolas da cidade de São Paulo’.

O professor Adenilto Pereira de Souza, durante suas aulas no Ensino Fundamental II, orientou e estimulou os alunos a escreverem projetos de lei para serem encaminhados, a fim de participarem do Prêmio Parlamento Jovem, programa no qual o aluno tem a possibilidade de ser vereador por um dia.

O trabalho, porém, vale ressaltar teve também a participação dos demais professores da Unidade Escolar dentro de uma perspectiva interdisciplinar, na qual o protagonismo juvenil foi constantemente estimulado por meio das práticas pedagógicas.

Esse projeto de lei foi inspirado na Semana do Estudante, que ocorreu entre os dias 11 e 13 de agosto; semana essa que promoveu inúmeras atividades esportivas e pedagógicas diferenciadas, com a participação de todos da Unidade Escolar, com a participação efetiva do Grêmio Estudantil. Uma dessas atividades foi o Dia da Troca de Livros, que envolveu o Ensino Fundamental I e II, na qual as crianças participaram trocando livros e histórias em quadrinhos que tinham em casa.

Mayara participou da organização do Dia da Troca de Livros e observando o sucesso do evento, inspirou-se e justificou seu projeto da seguinte maneira: “atualmente alguns jovens não têm interesse nem condições financeiras para comprar livros, então usam a escola como recurso para consegui-los; além disso, há muitas pessoas que deixam seus livros em casa sem possibilitar a circulação pela sociedade. Com esse projeto, os estudantes podem descobrir o verdadeiro valor da leitura, do livro e o compartilhamento dele, também poderão, dessa forma, comemorar o Dia do Estudante – 11 de agosto”.

Segundo o Professor Adenilto a conquista da estudante é algo que motivou muito mais os professores a perseguirem o caminho do protagonismo e as mudanças que são atraídas e realizadas pela educação.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia da fachada da escola com a imagem de uma mulher negra grafitada na parede

Arte, memória e representatividade são estampados nos muros da escola

Publicado em: 03/10/2022 5h36 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de um palco com cortinas vermelhas e um telão com a imagem de Paulo Freire onde se lê

Semana Paulo Freire discute práticas para a Educação de Jovens e Adultos

Publicado em: 03/10/2022 4h41 - em Diretoria Regional de Educação Santo Amaro

Fotografia mostra 5 estudantes que estão sentados à frente de notebooks. Na mesa vemos mouses, fios e headset.
Naapa
Fotografia de crianças em um ambiente escuro brincando com luzes, lanternas e objetos luminosos

CEI Parque Fernanda cria espaço na unidade para crianças terem Experiências com Luzes

Publicado em: 29/09/2022 3h25 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 1.285