Notícias

EMEF Jardim Eliana promove projeto “Teatro na Escola”

Iniciativa tem o objetivo de trabalhar temas importantes com os alunos por meio da linguagem teatral

Publicado em: 14/10/2016 16h40 | Atualizado em: 30/11/2020

Teatro na Escola_740x430.JPG

A Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Jardim Eliana, localizada no Centro Educacional Unificado (CEU) Navegantes, realizou no dia 4 de julho a peça teatral “O Julgamento”. O espetáculo é resultado do projeto “Teatro na Escola”, promovido pela unidade e que conta também com a colaboração dos alunos da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Navegantes e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). 

A peça “O Julgamento” aborda um julgamento no qual os réus, dois mosquitos Aedes aegypti, são acusados de picar e causar doenças em milhares de pessoas. O espetáculo usou do humor para trazer informações sobre dengue, zika e chikungunya para os alunos da EMEI Navegantes. “A ideia desse projeto é trabalhar temas importantes com os alunos por meio do teatro”, explica Wanderley Muniz, Professor de História da EMEF Jardim Eliana. “Esta já é a segunda peça encenada por eles. A primeira, há dois meses, falava sobre o papel das artes na vida das crianças”, completa.

Segundo o Professor, outros objetivos do projeto “Teatro na Escola” são promover o protagonismo estudantil, desenvolver o senso crítico dos alunos, construir e ampliar conhecimentos sobre artes a partir da linguagem teatral, fazer as crianças entenderem o teatro também como um ambiente educativo e contribuir para uma melhor relação entre professores e alunos e também entre escolas e comunidade.

Diretrizes – Edinete Silvério, Professora de Artes da unidade, explica que o “Teatro na Escola” começou em 2014 e foi baseado em três diretrizes: desenvolver o protagonismo infanto-juvenil, inovar o currículo na unidade educacional a partir de práticas interdisciplinares e promover a tomada de consciência de todos os envolvidos para uma educação verdadeiramente inclusiva e democrática. Em 2016, ele começou a contar com a colaboração dos alunos da EMEI Navegantes e também do EJA.

Segundo Edinete, a atividade está ganhando cada vez mais espaço e visibilidade no ambiente escolar e na comunidade. Questões sobre tempo, espaço, metodologia e avaliação do projeto são discutidos entre Professores, Gestão, Quadro de Apoio e famílias. “O projeto está envolvendo e integrando todos os educandos e educandas como corresponsáveis e protagonistas do processo de ensino-aprendizagem. A cada peça, eles demonstram interesse, prazer e comprometimento em participar das atividades, sejam como atores, produtores ou apreciadores”, comemora a Professora.

Também são responsáveis e colaboram com o projeto o Gestor do CEU Navegantes, Edivanio Carlos da Silveira, a Diretora da EMEF Jardim Eliana, Ana Maria Adriano Maia, a Diretora da EMEI Navegantes, Carmen Sanches Costa Neves e o Professor de Português, Paulo Araujo da Silva. O “Teatro na Escola” pretende promover, no segundo semestre de 2016, mais duas peças. Os temas serão discutidos e definidos nas próximas reuniões do projeto.

Veja algumas fotos da peça “O Julgamento”.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Crianças e professora de Educação Infantil em sala de aula.
Professora de Educação Infantil sentada no chão da sala com cinco bebês sentados a sua volta brincando.

SME faz nova convocação de aprovados em concurso

Publicado em: 22/09/2022 5h07 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com o fundo em mosaico colorido em tons de lilás, azul e verde, onde se lê
Imagem com fundo azul, três faixas no canto esquerdo nas cores rosa, azul e verde, no centro está escrito IV EducaPenha.

DRE Penha realiza IV EducaPenha

Publicado em: 21/09/2022 6h59 - em Diretoria Regional de Educação Penha

Fotografia mostra pessoas sentadas em cadeiras de auditório. Elas estão olhando para frente, para o palco, onde há um homem de pé, segurando um microfone, que está falando enquanto olha para uma apresentação de slide, onde se lê: “Será que eu fiz certo?” na cor vermelha. Abaixo contém o texto: “Na dúvida, pergunte, consulte os colegas, os estudantes. Estude, retome a teoria. Refaça, volte ao começo. E faça outra vez. A prática é fundamental para o desenvolvimento, evolução”, que está escrito na cor preta.
1 2 3 1.283