Notícias

EMEF Assad Abdala recebe dois prêmios em 2016

Escola localizada no Jardim Maringá recebe reconhecimento por seu projeto de intervenção social

Publicado em: 21/12/2016 16h35 | Atualizado em: 30/11/2020

assad_abdalla_740_x_430.jpg

Neste ano de 2016, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Assad Abdala, localizada no Jardim Maringá, zona leste (Diretoria Regional da Penha), recebeu dois prêmios em reconhecimento ao projeto “Além dos Muros da Escola – Intervenções no Jardim Maringá”.

O projeto propõe a revitalização de locais escolhidos pelos estudantes da EMEF Assad Abdala no bairro onde moram, partindo do questionamento: “no seu caminho de casa para a escola, o que mais causa incômodo em você?”.

No ano de 2015, foram feitas intervenções na Praça Almir Colares dos Santos. Em 2016, às quartas-feiras, alunos de diferentes anos juntaram-se em frentes de tutoria e, com seus professores, atuaram no Escadão – local de passagem – e no Clube da Comunidade Unileste. Os estudantes, ao final do projeto deste ano, afirmam ser uma experiência única, pois aprendem a partir de vivências. Tornam-se mais autônomos, compreendem o que é ser um cidadão e muitos dizem compreender melhor o que é fazer parte de uma sociedade e como nela intervir positivamente.

No início do segundo semestre, a gestão da escola foi informada que a EMEF havia sido uma das dez selecionadas no Prêmio Territórios Educativos, uma iniciativa do Instituto Tomie Ohtake, com parceria da Secretaria Municipal de Educação e patrocínio da Estácio Ensino Superior, que busca reconhecer e fortalecer experiências pedagógicas que explorem as oportunidades educativas do território onde a escola está inserida, integrando os saberes escolares e comunitários. (premioterritorioseducativos.org/)

Em novembro, uma nova notícia: entre 1014 projetos inscritos em todo o país, a escola foi uma das 11 selecionadas a participar da premiação “Criativos da Escola”, realizada em Salvador. Conforme especificado no site (criativosdaescola.com.br/), “encoraja crianças e jovens a transformarem suas realidades, colocando-os como protagonistas de suas próprias histórias de mudança. O protagonismo, a empatia, a criatividade e o trabalho em equipe são os pilares centrais deste projeto que busca envolver e estimular educandos e educadores de diferentes áreas no engajamento e na atuação em suas comunidades”.

Estudantes, funcionários, professores e a equipe gestora sentem-se muito orgulhosos e com a certeza de que o movimento que estão realizando é necessário e importante para a formação de todos que convivem na escola. Além dessas premiações, três alunos receberam menção honrosa pelo desempenho nas Olimpíadas Brasileiras de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) e outros três alunos conseguiram bolsas de estudos nas melhores escolas de São Paulo pelo Ismart. O projeto terá continuidade no ano de 2017 e, no Facebook da escola, pais de alunos e a comunidade já podem contribuir respondendo à enquete sobre onde eles sugerem que as próximas intervenções sejam realizadas no bairro.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Professora Lívia e várias crianças andando de motoca na Praça da república.
Alunos de Dança Cigana do CEU Formosa posam para foto

CEU Formosa promove aulas gratuitas de dança cigana para comunidade

Publicado em: 11/04/2024 4h37 - em Secretaria Municipal de Educação

Alunas do CEU Parelheiros participam de aula de Afromix. No palco as professoras conduzem a aula.

CEUs oferecem aulas de dança do Afromix em sua programação

Publicado em: 11/04/2024 11h51 - em Secretaria Municipal de Educação

Dengue Vacina

Estudantes da Rede Municipal de São Paulo poderão se vacinar contra a dengue

Publicado em: 10/04/2024 6h49 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia mostra quatro pessoas adultas ao redor de uma mesa com componentes eletrônicos na aula do curso profissionalizante de auxiliar de eletricista.

Cursos gratuitos profissionalizantes dos CMCTs estão com inscrições abertas 

Publicado em: 10/04/2024 5h12 - em Diretoria Regional de Educação São Miguel

1 2 3 4 1.439