Notícias

EMEBS Helen Keller terá Ensino Médio a partir de 2019

Decisão foi aprovada na última quinta-feira (6) pelo Conselho Municipal de Educação (CME) e passa a valer no começo do ano letivo

Publicado em: 11/12/2018 16h25 | Atualizado em: 30/11/2020

logo_educacao_740_x_430.jpg

De Secretaria Especial de Comunicação

A Escola Municipal de Educação Bilíngue para Surdos (EMEBS) Helen Keller oferecerá a partir do ano que vem Ensino Médio Bilíngue para seus 138 estudantes. A decisão foi aprovada por unanimidade na última quinta-feira (6/12), conforme Parecer 540/18 do Conselho Municipal de Educação (CME), e deve ser publicada no Diário Oficial da Cidade (DOC) desta terça-feira (11).

Segundo a Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis), a EMEBS Helen Keller é a primeira escola pública bilíngue para surdos a oferecer todas as etapas e modalidade da educação básica, ou seja Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e EJA. A iniciativa é uma reivindicação antiga da comunidade escolar.

O secretário de Educação Alexandre Schneider destaca a importância dessa conquista. “Numa escola bilíngue, com professores formados, e com colegas também surdos, o professor pode trabalhar pedagogicamente a necessidade de cada um desses estudantes”. E, como ferramenta para esse trabalho, ressalta o menor número de estudantes por sala, o professor especializado, que estudou para isso, e um currículo e materiais específicos para o melhor aprendizado. “Essa é a diferença de uma escola bilíngue para uma escola regular que tenha um intérprete ali, na frente da sala de aula”, comemora.

De acordo com a professora Silvana Drago, diretora da Divisão de Educação Especial (DIEE) da Secretaria Municipal de Educação (SME), uma comissão composta por pais, estudantes, representantes da FENEIS e da SME se reuniram durante seis meses para estudar propostas para o atendimento dos estudantes surdos no ensino médio. Após o estudo, concluiu-se pela criação do ensino médio com um projeto piloto na EMEBS Helen Keller.

A escola vai oferecer no início do próximo ano letivo 3 salas de 1º Ano do Ensino Médio, com 15 estudantes cada uma. Os 2ºs e 3ºs anos desta etapa de ensino serão oferecidos na unidade em 2020 e 2021, respectivamente.

Havia entre os estudantes uma queixa muito grande por conta da dificuldade em prosseguir nos estudos, conta a professora Drago. “A medida é uma forma de garantir a continuidade do ensino para surdos com a mesma qualidade já oferecida”, explica.

O Ensino Médio na EMEBS terá os mesmos componentes curriculares do ensino regular, tendo a Libras como primeira língua e a Língua Portuguesa como segunda. O mesmo corpo docente que já atende os estudantes de Ensino Fundamental na EMEBS ministrará os demais componentes.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Cowparede - fotografia de esculturas de vacas pintadas por artistas

CEU Paraisópolis recebe exposição CowParade

Publicado em: 25/11/2022 1h01 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de grupo de estudante tocando instrumentos de percussão

EMEF Imperatriz Leopoldina forma ritmistas com ‘batucada’

Publicado em: 25/11/2022 10h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Capa do Álbum de Mancala Awelé feito por um estudantes.

Confira o resultado do concurso “Meu Álbum de Mancala Awelé”

Publicado em: 24/11/2022 11h37 - em Secretaria Municipal de Educação

Viii Jornada Pedagógica
Foto posada com os participantes do Slam da DRE Santo Amaro

5º edição do Slam Nossa Voz reúne professores e estudantes na zona sul de São Paulo

Publicado em: 23/11/2022 3h08 - em Diretoria Regional de Educação Santo Amaro

1 2 3 1.298