Notícias

Educadores recebem primeira parcela do PDE 2016 em junho

O valor do PDE neste ano chega a R$ 2.640,00.

Publicado em: 19/05/2016 13h10 | Atualizado em: 30/11/2020
primeira_parcela_PDE_740_x_430.jpg

O Diário Oficial da Cidade de São Paulo traz, nesta quinta-feira, decreto com as regras para o pagamento do Prêmio de Desempenho Educacional (PDE) aos profissionais da Educação em 2016. O valor do PDE neste ano chega a R$ 2.640,00, pago em duas parcelas, e será concedido aos servidores lotados e em exercício nas unidades da Secretaria Municipal de Educação.

Recebem o PDE 2016 servidores que iniciaram exercício ou reassumiram funções até 31 de maio deste ano e na qual permaneçam até o término do respectivo período letivo. O valor individual do Prêmio será calculado sobre o valor integral, observadas as jornadas de trabalho e considerando o desempenho das unidades da Secretaria Municipal de Educação, o tempo de exercício real do profissional no cargo ou função, aferido a partir da publicação deste decreto até 31 de dezembro de 2016.

A primeira parcela do Prêmio será paga no próximo mês de junho, com valores de R$ 660,00 para os servidores com Jornada Básica do Professor (JB), R$ 990,00 para educadores em Jornada Básica do Docente (JBD), e R$ 1.320,00 para os servidores submetidos à Jornada Especial Integral de Formação (JEIF), à Jornada Básica de 30 horas de trabalho semanais (JB30), à Jornada Básica de 40 horas de trabalho semanais (JB40), à Jornada Especial de 40 horas de trabalho semanais (JBE 40) e à Jornada Básica do Gestor Educacional (JB40).

A segunda parcela será paga no mês de janeiro de 2017, correspondendo à diferença entre o valor da primeira parcela paga a título de antecipação e o valor total individual do prêmio, que leva em consideração o desempenho da unidade, frequência do servidor e os percentuais correspondentes às jornadas de trabalho. O Prêmio de Desempenho Educacional não tem natureza salarial ou remuneratória, não se incorpora à remuneração ou é computado no cálculo do décimo terceiro salário, férias e aposentadoria.

Reajuste do PDE após quase uma década de congelamento – Educação de qualidade começa com professores e educadores valorizados. Pensando nisso, em 2015, a Prefeitura de São Paulo reajustou em 10% o Prêmio por Desempenho Educacional. Os valores estavam congelados desde 2007. Com o reajuste, o PDE saltou de R$ 2.400 para R$ 2.640. A primeira parcela foi paga em junho de 2015 e a segunda em janeiro de 2016.

Confira a íntegra do Decreto nº 56.996, de 18 de maio de 2016.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

825x470 (1)

Centenário de Paulo Freire: relembre a história e trajetória do educador na SME

Publicado em: 19/09/2021 10h01 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de um notebook sobre uma mesa com a mão de uma pessoa que veste camiseta preta. Ao seu lado aparece a mão de outra pessoa.

Seminários do ciclo de escuta ativa das DREs São Mateus e Santo Amaro ocorrem nesta segunda-feira

Publicado em: 17/09/2021 6h27 - em Secretaria Municipal de Educação

Banner 8ª edição do Premio Educação em Direitos Humanos 2021
Banner do Educador em Destaque
Imagem com mosaico de sete fotografias de pessoas em uma reunião on-line.

SME tem semana de reuniões bilaterais com as entidades sindicais

Publicado em: 16/09/2021 8h49 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.189