Notícias

Educadores da RME ganham título de Especialistas em Educação Especial

A formação foi oferecida para 150 professores e teve ênfase em Deficiência Múltipla

Publicado em: 04/12/2015 18h34 | Atualizado em: 30/11/2020

educadores_rme_educacao_especial.jpg

No dia 3 de novembro, educadores da Rede Municipal de Ensino (RME) participaram da solenidade de encerramento do curso de Especialização em Educação Especial com Ênfase em Deficiência Múltipla. A formação, em nível de pós-graduação, foi oferecida para 150 professores por meio de parceria entre a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo e a Universidade Presbiteriana Mackenzie.

O curso ofereceu as teorias e práticas necessárias para o atendimento dos alunos com deficiência múltipla, visando sua aprendizagem e participação nas atividades escolares, garantindo, assim, a sua inclusão educacional e social.

Os concluintes poderão atuar como especialistas para os serviços de Educação Especial do Município, compondo as equipes nos Centro de Formação e Acompanhamento à Inclusão (CEFAI), como Professores de Apoio e Acompanhamento à Inclusão – PAAI, ou como Professores Regentes das Salas de Apoio e Acompanhamento à Inclusão – SAAI, garantindo assim as condições para a Institucionalização do Atendimento Educacional Especializado no Projeto Político-Pedagógico das Unidades Educacionais.

Para a Coordenadora do Núcleo da Educação Especial da Divisão de Orientação Técnica – DOT da SME, Renata Alencar Lopes Garcia, “o papel dos especialistas em educação especial é atuar na perspectiva da educação inclusiva. Esses conhecimentos precisam estar no chão da escola para todo mundo”.

Emocionada, a Professora Claziane Pereira de Lima, que leciona há cinco anos na RME e hoje atua na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Irineu Marinho, agradeceu à SME e à Universidade Mackenzie. “Quero agradecer à Prefeitura de São Paulo por promover mudanças efetivas em nossa cidade. Este curso, pra mim, foi mais importante do que qualquer outra graduação que eu tenha feito. Ele trouxe mudanças na minha vida profissional e, principalmente, na pessoal. Foi uma oportunidade de um encontro comigo mesma”, conta a professora.

Clique aqui para ver a galeria de fotos

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Banner do Festival De Mancala

SME promove festival de jogo de origem africana que reúne mais de mil estudantes e educadores

Publicado em: 29/11/2022 3h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Mulheres na sala de aula de Confeitaria. Elas estão de frente para mesa coletiva e manuseiam uma massa em forminhas. Também usam máscara de proteção individual, avental e touca.

Inscrições abertas para as turmas de 2023 dos cursos gratuitos profissionalizantes dos CMCTs

Publicado em: 28/11/2022 11h50 - em Secretaria Municipal de Educação

Cowparede - fotografia de esculturas de vacas pintadas por artistas

CEU Paraisópolis recebe exposição CowParade

Publicado em: 25/11/2022 1h01 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de grupo de estudante tocando instrumentos de percussão

EMEF Imperatriz Leopoldina forma ritmistas com ‘batucada’

Publicado em: 25/11/2022 10h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Capa do Álbum de Mancala Awelé feito por um estudantes.

Confira o resultado do concurso “Meu Álbum de Mancala Awelé”

Publicado em: 24/11/2022 11h37 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 5 1.301