Notícias

De uma simples ideia a um grande negócio

Na Campus Party, Imprensa Jovem Ligados no Mange conhece mais sobre os desafios do empreendedorismo

Publicado em: 02/02/2017 17h15 | Atualizado em: 30/11/2020

empreende_imprensajovem_740_x_430.jpg

Matéria produzida pela equipe de Imprensa Jovem Ligados no Mange, da EMEF Professor Roberto Mange

Há 10 anos no Brasil, a Campus Party, maior evento de tecnologia da América Latina, aborda nesta edição os desafios para quem quer empreender, ou seja, tirar a ideia do papel e transformá-la em um negócio de sucesso.

A 10ª edição da Campus Party Brasil (#CPBR10) promoveu um debate sobre “empreender: o desafio da década”. Sabe aquela ideia que aparece, mas que você pensa que é absurda, que ninguém vai se importar?

Será???

Pensando nisso, a CPBR10 trouxe, no palco empreendedorismo, a palestra “’Bad cop, good cop’ – Como as startups veem os feedbacks de mentores e anjos”.

noticia_extra_740_x_430.jpg
Entrevista com Rosi Rodrigues

No debate, Rosi Rodrigues, líder de crescimento de uma startup, buscou fomentar a ideia de investir nas ideias. Parece redundante, mas toda ideia é boa, em algum tempo, em algum espaço, para alguma pessoa, comunidade. Não se pode menosprezar nenhuma delas. Cada ideia busca, de algum modo, resolver um problema que está posto ou aquele que alguém já pensou na frente, antecipando-se a ele. É assim que surge um empreendedor. Uma ideia pode virar um grande negócio.

No entanto, Rosi alerta que “o grande risco do empreendedor é achar que aquela hipótese que ainda está na sua cabeça já é sucesso e que o negócio se vende por si só. Nunca!”. Ou seja, o empreendedor deve sempre aprimorar a sua ideia.

Para isso existe a mentoria, que orienta os empreendedores a tirarem suas ideias do papel e a transformá-las em negócios de sucesso.

Ela ressalta ainda um cuidado que deve ser tomado, “em saber distinguir uma crítica construtiva de uma não construtiva, para que uma boa ideia não acabe sendo guardada na gaveta”.

A Campus é isso, um espaço em que as ideias são fomentadas em todos os instantes. Cada cantinho dessa enorme feira de tecnologia tem uma ideia sendo mostrada, seja para chamar a atenção para si ou para apresentar o seu produto, aquele que surgiu de uma pequena ideia.

Nessa 10ª edição, a Campus Party inovou com uma arena só de startups. Nesse espaço, as ideias dos pequenos empreendedores são mostradas. São ideias de todos os tipos que viraram protótipos e visam resolver algum problema real, social.

noticia_extra_2_2_740_x_430.jpg
Entrevista com Raone Guedes

É social a ideia do aluno Raone Guedes Souza Cruz, da UNICAMP e do projeto Team Manager. O protótipo Ecocar busca reduzir os índices de poluentes, já que é movido a eletricidade e feito de fibra de carbono e plástico. “Nosso carro tem um motor boxer dc que reduz perda por atrito e assim o carro tem maior vida útil”, disse Raone.

É real a ideia de Aluisio de Paula, da Econtexto, que em meio à crise econômica encontrou um nicho no mercado trabalhando com produtos promocionais ecológicos, como camisetas feitas de garrafas PET.

Muitas outras ideias estão espalhadas na arena #CPBR10, até mesmo um simples App de carona solidária, que busca a diminuição dos automóveis nas vias da cidade. Uma ideia que vai ao encontro das anteriores, dessa vez, buscando resolver o problema da poluição.

Alunos repórteres:

Erik Jesus Santos
Gabryel Diaz
George Carvalho
Gleiciane Cassia

Notícias Mais Recentes

1 2 3 1.213