Notícias

Curso de Língua Portuguesa para migrantes está com inscrições abertas 

Interessados podem se inscreverem em qualquer momento do ano; são nove polos de atendimento na cidade

Publicado em: 15/07/2021 11h18 | Atualizado em: 15/07/2021
Curso Língua portuguesa para migrantes 100% gratuito

Nove escolas municipais da Rede Municipal de Ensino (RME) da cidade de São Paulo oferecem curso de Língua Portuguesa para adultos acima de 18 anos que migraram para o Brasil. Os interessados, independente da sua condição migratória e documental, podem se inscrever diretamente na escola de escolha em qualquer momento do ano letivo.

A ação faz parte do Projeto Portas Abertas – Português para Imigrantes, promovido em parceria com Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) e tem o objetivo de oferecer o ensino da língua portuguesa de forma gratuita e capilarizada, ou seja, distribuída pelas diferentes regiões da cidade.

O projeto considera que as competências linguísticas são essenciais para que esta população usufrua de seus direitos, acesse os serviços públicos e o mercado de trabalho. 

O curso é dividido em três módulos – básico, intermediário e avançado. Os encontros são realizados duas vezes por semana, com três horas-aula de duração. As aulas são ministradas por professores da RME que participaram de formação oferecida pela Secretaria Municipal de Educação e SMDHC. Devido às restrições decorrentes da pandemia de Covid-19, atualmente, há a possibilidade de participar das aulas de maneira remota (online). 

O conteúdo do curso se baseia em material didático próprio para cada módulo e traz atividades que promovem discussões sobre combate ao racismo, machismo e respeito à diversidade de gênero.

 

Para se inscrever

A inscrição pode ser feita na escola onde o migrante pretende frequentar as aulas em qualquer momento do semestre letivo. Ao todo, são 9 unidades espalhadas pela capital como polo de atendimento.

Para efetuar a matrícula, basta apresentar um documento de identificação (serão aceitos aqueles emitidos no Brasil ou mesmo no país de origem) e um comprovante de residência. Caso não possua este último, pode ser preenchida a declaração de residência.

Certificação

Para obter o certificado de cada módulo é necessário que os alunos tenham comparecido a pelo menos 75% das aulas durante o semestre.Cada módulo equivale a 90 horas/aula.

Atualmente, nove unidades da Rede Municipal de Ensino contam com o projeto. São elas:

 

Centro

CIEJA Paulo Emílio Vanzollini (CIEJA Cambuci)

Endereço: Rua Cesário Ramalho, 111 – Cambuci

Telefone: 3208-7820

 

Zona Norte

EMEF Vereador Antonio Sampaio

Endereço: Rua Voluntários da Pátria, 733 – Santana

Telefone: 2221-5599

 

EMEF Infante D. Henrique

Endereço: R. Comendador Nestor Pereira, 285 – Canindé

Telefone: 3313-1988

 

EMEI José Robson da Costa (Bombeiro)

Endereço: R. Monsenhor Paulo Fernandes de Barros, S/N – Jardim Cachoeira

Telefone: 3983-5772

 

Zona Leste

EMEF CEU Jambeiro

Endereço: Avenida José Pinheiro Borges, 60 Guaianases

Telefone: 2960-2055

 

CEU EMEF Água Azul

Endereço: Av. dos Metalúrgicos, 1300 – Cidade Tiradentes

Telefone: 2282-7671

 

EMEF Arthur Azevedo

Endereço: Avenida Salim Farah Maluf, 999 – Tatuapé

Telefone: 2941-9022 / 2092-0005

 

Zona Sul

EMEF Paulo Colombo Pereira de Queiroz

Endereço: Rua Doutor Abelardo da Cunha Lobo, 348 – Parque Arariba

Telefone: 5511-1640

 

Zona Oeste

EMEF Des. Arthur Whitaker

Endereço: R. André Saraiva, 860 – Vila Sônia

Telefone: 3742-5772

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de uma professora escrevendo na lousa.

SME abre inscrições para contratação temporária de professores

Publicado em: 08/08/2022 3h07 - em Secretaria Municipal de Educação

banner com logomarca da FLICEUs Festa Literária dos CEUs

30 CEUS recebem Festa Literária entre os meses de agosto e outubro

Publicado em: 08/08/2022 11h42 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia com o fundo de terra, no centro a muda de uma planta com duas folhas verdes e, ao seu redor, as mão de três pessoas formando um círculo ao seu redor, sobre um pequeno monte de terra.
Fotografia de duas crianças pequenas se alimentando em um ambiente escolar

Práticas da Educação Municipal são apresentadas na Semana da Primeira Infância

Publicado em: 05/08/2022 6h16 - em Secretaria Municipal de Educação

Ptrf

Confira aqui os valores do PTRF recebidos pelas escolas municipais em 2021

Publicado em: 05/08/2022 5h37 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.260