Notícias

Curso de Hortas Pedagógicas compartilha experiências das escolas

Último encontro do curso abordou a diversidade de hortas pedagógicas implantadas nas unidades educacionais

Publicado em: 13/11/2018 11h29 | Atualizado em: 04/05/2021

HORTAS_740X430.jpg

Na última terça, 23 de outubro, a Secretaria Municipal de Educação (SME), por meio do Núcleo Técnico de Currículo e do Núcleo de Educação Ambiental, em parceria com a Associação Paulista dos Gestores Ambientais (APGAM), promoveu no auditório da Uninove, Campus Vergueiro, o último encontro do curso “Hortas Pedagógicas: mais um espaço de aprendizagem”.

O curso, com duração de seis meses e dividido em seis encontros, foi estruturado para fomentar a implantação de hortas pedagógicas nas unidades educacionais da SME por meio da formação de educadores, com acompanhamento técnico e pedagógico em todo o processo.

Cerca de 200 unidades da Rede Municipal de Ensino (RME), representadas por Diretores, Professores e Auxiliares Técnicos de Educação, participaram das formações realizadas em diferentes espaços de aprendizagem na cidade de São Paulo, incluindo as próprias unidades participantes, que receberam visitas técnicas para o apoio e implementação da horta pedagógica.

No último encontro, cerca de 600 participantes estiveram presentes para compartilhar avanços e desafios do processo de implementação das 200 hortas pedagógicas nas unidades educacionais no ano de 2018. Por meio de relatos de experiência, as equipes das unidades educacionais apresentaram fotos, vídeos, etapas de trabalho, avanços, desafios e depoimentos sobre o envolvimento da comunidade escolar com o projeto.

O Presidente da Associação Paulista dos Gestores Ambientais (APGAM), José Barros, abriu o evento realizando agradecimentos aos parceiros envolvidos no projeto: SME, representada pelo Núcleo Técnico de Currículo (NTC), Núcleo de Educação Ambiental, Coordenadoria de Alimentação Escolar (CODAE) e as escolas participantes.

Em seguida, Wagner Palanch, responsável pelo Núcleo Técnico de Currículo (NTC) da SME, comentou sobre a importância desta ação para a aprendizagem dos estudantes da RME. “Esta iniciativa enriquece as ações das escolas, da SME, das Diretorias Regionais de Educação, potencializando cada vez mais as aprendizagens dos estudantes”, ressaltou Wagner.

Dando continuidade, representando a CODAE, a Professora Matilde Scandola agradeceu a parceria com a SME, a APGAM e a presença de todas as escolas participantes.

Após as falas de abertura institucional, sete unidades educacionais, no período da manhã, apresentaram relatos de experiência sobre o trabalho com a horta pedagógica na escola:

CEI Vereador Aloysio de Menezes Greenhalgh (DRE Butantã) – Coordenadora Pedagógica, Madalena Oliveira.

CEI Jardim Copacabana (DRE Campo Limpo) – Coordenadora Pedagógica, Leides Daiana Freitas Fonseca.

EMEI Jardim Novo Parelheiros I (DRE Capela do Socorro) Professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Ana Lúcia da Silva.

EMEI CEU Caminho do Mar (DRE Santo Amaro) – Coordenadora Pedagógica, Marly Gonzaga.

EMEI Dom Pedro I (DRE Ipiranga) – Coordenadora Pedagógica, Tania dos Santos.

EMEF Vinte e Cinco de Janeiro (DRE Guaianases) – Coordenadora pedagógica, Iraci Rodrigues, Professora de Ensino Fundamental I, Vanessa de Souza, Auxiliar Técnico de Educação, Maria Gorete Silva.

EMEF Ary Gomes (DRE Jaçanã Tremembé) – Diretora de escola, Cristiane Albuquerque, Professora de Ensino Fundamental, Aline Silva.

Ainda na parte da manhã, houve duas palestras com profissionais especialistas, a Professora Doutora Rosana Silva e a autora e ilustradora francesa Maté.

A Assessora de Educação Ambiental da SME, Rosana Silva, falou sobre o tema “Educação ambiental crítica, espaços educadores e aprendizagem social”. Rosana iniciou sua apresentação destacando elementos apresentados por cada uma das escolas e, em seguida, explicou como os relatos apresentados dialogam com o tema proposto.

Encerrando os trabalhos no período da manhã, a autora e ilustradora francesa Maté falou sobre o seu livro intitulado “Poemas da minha terra tupi”.
“Dentro dos temas que me interessam, existe a Educação Ambiental, com uma visão mais holística de mundo. As culturas indígena e africana também são temas que procuro abordar nos meus livros”, observou a autora.

Na parte da tarde, a autora e ilustradora Maté retornou ao palco e deu início aos trabalhos falando sobre o seu livro, “Poemas da minha terra tupi”. Em seguida, a Professora Doutora Flávia Schwartzman abordou o tema “Hortas escolares pedagógicas da América Latina e Caribe”.

A Professora Flávia contou sobre a experiência de implantar o projeto em países da América Latina, visando o fortalecimento dos programas de alimentação escolar. “É muito gratificante ver todo o trabalho que está sendo feito nas escolas municipais de São Paulo”, ressaltou Flávia.

Após as duas palestras, seis unidades educacionais da Rede Municipal de Ensino apresentaram relatos de prática referentes à implantação do projeto de Horta na escola.

CEI Ninho Alegre (DRE São Miguel) – Coordenadora Pedagógica, Regina Guandalini.

CEI Maria da Glória (DRE Penha) – Coordenadora Pedagógica, Ione de Souza e a Professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Rita de Cássia Ventura.

EMEI Dulce Hauck (DRE Freguesia/Brasilândia) – Assistente de Direção, Fabiana Alves, Professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Elisangela Angelozzi e a Auxiliar Técnica de Educação, Angela de Almeida.

EMEI Pérola Ellis Vyington (DRE Pirituba/Jaraguá) – Diretora de escola, Fabíola Bergamin e a Professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Angela Miranda.

EMEF Vinícius de Moraes (DRE São Mateus) – Professora de Ensino Fundamental II e Médio (Assistente de Direção), Maria Elza de Araújo e a Professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Daiana Monteiro de Moura.

EMEF Guimarães Rosa (DRE Itaquera) – Professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental I (Assistente de Direção), Ana Paula Mistrelo, Professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Marina Lourenço, Auxiliar Técnico de Educação, Tatiane Aparecida e a Professora Orientadora de Informática Educativa (POIE), Maria Helena Pereira.

Após as apresentações, no final de cada período, o Instituto Kairós e a equipe do projeto Hortas Pedagógicas presentearam o público com mudas do Viveiro Manequinho Lopes e promoveram trocas de insumos.

Também foram entregues a todos os participantes um exemplar do Guia Hortas Pedagógicas: mais um espaço de aprendizagem. O Guia contém princípios básicos da Agroecologia, exemplos e acervo de hortas implantadas nas unidades educacionais, conteúdo relacionado às Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs), entre outros assuntos pertinentes e relevantes para a implantação de Hortas Pedagógicas nas escolas.


Veja a galeria de fotos

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

EMEF cria escape room sobre mitologia grega para estimular o raciocínio lógico dos estudantes

EMEF cria escape room sobre mitologia grega para estimular o raciocínio lógico dos estudantes

Publicado em: 02/12/2022 1h47 - em Secretaria Municipal de Educação

foto ilustrativa de estágio

Prática de estágio em escola municipal é reconhecida pela Prefeitura de São Paulo

Publicado em: 02/12/2022 12h18 - em Diretoria Regional de Educação São Mateus

Educador Em Destaque

SME homenageia e premia professores da Rede Municipal no Educador em Destaque 2022

Publicado em: 01/12/2022 4h25 - em Secretaria Municipal de Educação

Uniceu

Quatro polos da Rede UniCEU estão com inscrições abertas para especialização gratuita

Publicado em: 01/12/2022 2h32 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotofrafia de uma pessoa com jaleco branco segurando uma escova de dentes gigantes e conversando com uma criança e duas pessoas adultas ao lado dela. Todos estão sorrindo e sentados à mesa que também possui uma dentadura gigante sobre ela.

Secretarias da Saúde e da Educação oficializam Programa Saúde na Escola

Publicado em: 01/12/2022 1h08 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.300