Notícias

CEU Cidade Dutra recebe desfile do estilista Samuel Cirnansck

Evento integra projeto "Moda no CEU", com programação paralela à São Paulo Fashion Week

Publicado em: 29/04/2016 10h14 | Atualizado em: 30/11/2020

SPFW_CEU_Cid_dutra_740_x_430.JPG

Nesta quinta, 28 de abril, o público do Centro Educacional Unificado (CEU) Cidade Dutra teve a oportunidade de conferir o desfile do estilista Samuel Cirnansck, com a mesma coleção apresentada na noite anterior na São Paulo Fashion Week (SPFW). O evento integra o projeto “Moda no CEU”.

O palco do teatro virou passarela e os olhares do público se dirigiram atentos às modelos trajando vestidos repletos de detalhes, brilhos, texturas e aplicações. Na plateia, estudantes da EMEF CEU Cidade Dutra, Vila Rubi e Milton Ferreira de Albuquerque, além do Diretor Regional de Educação (DRE) da Capela do Socorro, Paulo Cesar Deloroso, que fez a abertura do evento.

Paulo Borges, diretor criativo da SPFW, comentou sobre o início do evento na capital há 21 anos, que tornou a cidade de São Paulo reconhecida em todo mundo pela criatividade dos estilistas. A cada semestre é realizada a SPFW e paralelamente ao evento é realizada a “Moda no CEU” trazendo uma programação com desfiles, palestras, oficinas e workshops nos CEUs.

“As portas do mundo estão abertas constantemente. Dentro da gente vem a capacidade de mostrar e construir algo. Tudo começa pequeninho e com muito esforço”, ressaltou Borges para os jovens e senhoras da terceira idade, como Firmina de Jesus dos Santos, que estava empolgada por assistir de perto a um desfile. “No dia anterior, uma amiga me disse sobre o evento. Imagina se eu vou perder um evento desse. Foi lindo e maravilhoso!”, contou Firmina.

Bate-papo – Após o desfile, Samuel Cirnansck iniciou um bate-papo para falar sobre a carreira, processo criativo e inspirações. Natural de Itapira, cidade no interior de São Paulo, o estilista já aos 6 anos desconstruiu um casaco de sua mãe e aos 9 fez o primeiro vestido. Ganhou da família uma máquina de costura e seu primeiro desfile foi à beira da piscina de casa, com 20 amigos usando suas criações.

Questionado sobre a inspiração de sua coleção, Samuel diz que a sua própria cidade natal, que possui ar bucólico e mini palacetes, o inspira nos detalhes das peças.

“Primeiro vem a atitude, depois vem a roupa. A pessoa tem que ser ela. Se você quer ser Gisele você não é você. Precisa entender o corpo da mulher, a pele, o que fica melhor”, comenta Samuel. Por fim, o estilista deu algumas dicas para quem quer seguir o caminho da moda e participou de entrevista com a equipe da Imprensa Jovem da EMEF CEU Cidade Dutra.

Notícias Mais Recentes

1 2 3 1.457