Notícias

Bandas de Escolas Municipais de Ensino Fundamental se reúnem para abertura de Seminário Regional

Evento contou com a integração entre os projetos de Coral e Banda da EMEF Lourenço Filho e Banda da EMEBS Lucie Bray

Publicado em: 04/10/2019 10h59 | Atualizado em: 30/11/2020

Matéria produzida pela equipe de Imprensa Jovem da EMEF Lourenço Filho

No dia 16 de setembro aconteceu a abertura dos “Seminários Regionais – Educação em Direitos Humanos: Projeto Respeitar é Preciso”, que tem por objetivo estimular profissionais da Rede Municipal de Educação da Cidade de São Paulo a pensarem caminhos para a construção de práticas educativas e de experiências cotidianas pautadas nos direitos humanos. A ação é promovida em parceria entre Secretaria Municipal de Educação (SME), Coordenadoria dos CEUs e da Educação Integral (COCEU), Divisão de Gestão Democrática e Programas Intersecretariais (DIGP) e Instituto Vladimir Herzog.

Em sua abertura, o evento contou com a apresentação da banda “Música do Coração e do Silêncio”, composta por alunos com deficiência auditiva da EMEBs Lucie Bray e alunos do projeto de banda e coral da EMEF Lourenço Filho, da Diretoria Regional de Educação Jaçanã Tremembé. Os alunos encantaram a todos com a apresentação de diversas músicas, demonstrando o respeito às diferenças.

“Não pude conter minhas lágrimas quando estava registrando o momento, muito obrigada por isso!”, comentou a aluna Julia Ramos Ferreira, do 8º ano, da EMEF Lourenço Filho, que fazia parte do evento registrando os momentos para o projeto Imprensa Jovem.

Em seguida, para a mesa de abertura foram convidados ao palco Rogério Sottili, Diretor Executivo do Instituto Vladimir Herzog e Raphaella Burti, Coordenadora dos CEUs e da Educação Integral da SME, que deixaram suas mensagens a respeito do trabalho desenvolvido em todo o período de parceria.

Na sequência, o “Slam do Riva”, das EMEFs Professor Rivadávia Marques Junior e Claudio Manoel da Costa da Diretoria Regional de Educação São Mateus, explicou os objetivos e práticas do slam, assim como de que forma eles podem mudar o comportamento do adolescente e influenciar toda a sociedade. Em seguida, poesias foram declamadas pelas alunos Ana Carolina, Sara, Mirela, Marina e Hiago. A apresentação foi um momento de reflexão sobre valores, violência, sociedade, depressão, suicídio, adolescência e a vida.

Logo após, o educador, filósofo, escritor e professor universitário Mario Sergio Cortella discursou sobre o impacto dos valores e preconceitos nas relações interpessoais. A palestra propôs a reflexão sobre o respeito às diferenças.

A Imprensa Jovem da EMEF Lourenço Filho teve a oportunidade de entrevistar Cortella, Sottilli, e o grupo Slam do Riva.

Para conferir as entrevistas acesse:

bit.ly/2mTnf4t

bit.ly/2mTnNHz

bit.ly/2nOdHrr

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia mostra a visão aérea do CEMEI Professor Dalmo De Abreu Dallari.
Estante de livros.

SME divulga nome dos autores selecionados para Antologia de Contos e Antologia Poética 

Publicado em: 28/02/2024 1h32 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de grupo de jovens em participação de uma reunião

SME incentiva que estudantes, familiares e profissionais façam parte das instâncias de participação

Publicado em: 27/02/2024 12h36 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de cinco estudantes com a camiseta laranja do Imprensa Jovem. Três estudantes estão sentados em bancos altos em frente a uma estante de livros e a menina que está no meio segura um microfone e um celular. Todos olham para o celular. Em primeiro plano, de costas para o ângulo da fotografia, um menino manuseia o tripé em que está a câmera e o celular, atrás de sua camiseta laranja está escrito em preto Imprensa Jovem. Em frente a ele, e também de costas para o ângulo da foto, há mais uma estudante.
Design Sem Nome (1)

DRE Guaianases promove reunião de organização

Publicado em: 22/02/2024 4h37 - em Diretoria Regional de Educação Guaianases

1 2 3 1.427