Notícias

Após 4 anos, Prefeitura volta a aplicar a Prova São Paulo para mais de 200 mil alunos

Avaliação da Rede Municipal será realizada de 18 a 20 de outubro e permite acompanhar a evolução do ensino ano a ano

Publicado em: 16/11/2017 14h52 | Atualizado em: 30/11/2020

prova_sp_740_x_430.jpg

Depois de quatro anos, a Prova São Paulo volta a ser realizada na capital. A mais importante avaliação do sistema de ensino paulistano será aplicada entre os dias 18 a 20 de outubro para cerca de 230 mil alunos do 3º ao 9º ano do Ensino Fundamental nas escolas da rede municipal. Também no dia 18 estreia a Provinha São Paulo, com foco na alfabetização, voltada para alunos do 2º ano.

O objetivo da Prova São Paulo é acompanhar a evolução do ensino na rede municipal ano a ano, além de ser uma ferramenta fundamental para o planejamento e correção de rumos pedagógicos. Serão realizadas provas de Matemática, Língua Portuguesa e Ciências da Natureza, além de redação. As provas também têm tradução em Braile e Libras.

“O novo sistema de avaliações foi pensado para permitir o acompanhamento permanente das ações pedagógicas e aprimorar as políticas públicas educacionais mais amplas”, diz o secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider.

Provinha São Paulo – Para os cerca de 50 mil alunos do 2º ano, nos dias 18 e 19 de outubro, será aplicada a inédita Provinha São Paulo, que vai avaliar a alfabetização em Linguagem e Matemática. Serão aferidas a leitura e a escrita em 20 questões fechadas e 5 abertas. Com os resultados da prova será possível verificar a alfabetização no 2º ano e acertar caminhos pedagógicos para que as crianças da rede municipal estejam alfabetizadas até os sete anos.

Além das provas, serão aplicados questionários para pais e educadores a fim de contextualizar a escola em outros fatores, como sociais e econômicos.

Sistema de avaliações – Prova São Paulo e Provinha São Paulo fazem parte de um novo sistema de avaliações, que ainda inclui provas semestrais e simulados, como para o Enem (destinados a quem está no Ensino Médio), além de, claro, as avaliações rotineiras de cada escola. Este sistema foi planejado para permitir o acompanhamento permanente das ações pedagógicas, tanto possibilitando que cada escola faça mudanças durante o ano letivo quanto permitindo aprimorar as políticas públicas educacionais mais amplas, ano a ano.

Como será – A Prova São Paulo ocorrerá para as turmas do período matutino, às 8 horas. As turmas do período vespertino farão a prova às 14h30. No dia 18 a avaliação será de Língua Portuguesa e Produção de Textos. No segundo dia, 19, os estudantes responderão questões sobre Matemática. No último, 20, será abordado Ciências Naturais. Os alunos devem ir à escola normalmente, como em um dia de estudos regular.

Saiba mais sobre as Provas

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

fotografia de quadra poliesportiva Coberta

Prefeitura de SP anuncia cobertura de 95 quadras poliesportivas na rede municipal

Publicado em: 12/01/2022 11h14 - em Secretaria Municipal de Educação

Apresentação teatral na abertura do Recreio nas Férias.

“Recreio nas Férias” começa nesta segunda-feira com protocolo contra contaminação do Covid

Publicado em: 10/01/2022 2h47 - em Secretaria Municipal de Educação

foto de professora na sala de leitura, dois estudantes olham atentamento para ela. Todos usam máscaras

SME divulga classificação prévia dos interessados na contratação temporária

Publicado em: 07/01/2022 9h47 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

Em cima, os dizeres: Gratificação de difícil Acesso. No meio: desenho de um mapa, com um localização ao centro, destacada por um pin

Gratificação de Difícil Acesso: saiba como identificar o distrito da sua escola

Publicado em: 06/01/2022 5h17 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de uma sala de aula com um professor usando máscara de proteção individual e estudantes sentados em suas cadeiras.
1 2 3 4 1.211