Notícias

Amoras a favor da inclusão

Professora se inspira nas frutas e nas crianças para trabalhar temas étnico-raciais

Publicado em: 22/08/2017 18h32 | Atualizado em: 30/11/2020

amora_740_x_430.jpg

No Centro de Educação Infantil (CEI) Vereador Homero Domingues da Silva, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Pirituba/Jaraguá, as Amoras serviram de inspiração para a professora Maria Cilene Lucas Vieira escrever um livro e desenvolver práticas que abordam temas étnico-raciais, alimentação saudável e a inclusão.

As Amoras, em maiúscula, têm justificativa. “Em um dia de vento, colhemos e higienizamos as amoras caídas no chão. Ao ver uma criança se deliciando com as frutas, com a boca suja de amora, tive a ideia do livro”, conta Maria Cilene. O nome da garota? Amora.

“De forma lúdica e descontraída, o livro trabalha a valorização da pessoa negra”, diz Maria Cilene. O livro, uma autopublicação, conta com ilustrações feitas pela professora e foi confeccionado com letra propícia tanto para as pessoas que enxergam bem como para as com problemas de visão. De acordo com Maria Cilene, ele está sendo utilizado em atividades por professoras de Educação Infantil e também de Ensino Fundamental, tanto da DRE Pirituba como de outras regiões.

amora_3_740_x_430.jpg
Professora Maria Cilene com a sua obra, a autopublicação “Amora”

As professoras Nilza, Vanessa, e Julana, colegas de Maria Cilene na CEI Vereador Homero Domingues da Silva, estão desenvolvendo práticas com as crianças com base no livro. “Realizei a leitura do livro para as crianças do Minigrupo II. Elas adoraram saber que a história foi feita pela professora Maria Cilene. Algumas disseram conhecer a menina Amora, da escola. Outras falaram que gostavam muito da fruta amora”, conta a professora Juliana. Ela ainda propôs a realização de um desenho da personagem Amora. Em papel craft, foi realizado um desenho com o molde da Rafaela, aluna escolhida pelas crianças por ter o cabelo semelhante ao da personagem. 

amora_2_740_x_600.jpg
Crianças do Minigrupo II desenham a Rafaela

A professora Maria Cilene, que ainda mantém um blog onde relata suas práticas envolvendo arte na Educação Infantil, revela que um próximo livro está a caminho. “Ele já está no campo das ideias. Tratará de temas na área da inclusão e outras questões sociais, com base na obra ‘Frankestein’, de Mary Shelley”, declara a professora.

Professorannilza_amoras.jpg
Professora Nilza contando a história da Amora debaixo do pé de amoras

Leituradolivrocomo4anoBdaEMEFJoseCarlosNicoletoZito.jpg
Professora Sandra lê o livro Amora para estudantes do 4º ano na EMEF José Carlos Nicoleto Zito, DRE São Mateus

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de uma estudante negra, ela está concentrada escrevendo no livro sobre sua mesa.

Está aberto período de inscrição para estudantes do Ensino Fundamental e Médio

Publicado em: 05/12/2022 12h43 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de estudantes correndo em aralimpíada

Estudantes da Rede Municipal são destaque nas Paralímpiadas Escolares 2022

Publicado em: 05/12/2022 12h06 - em Secretaria Municipal de Educação

EMEF cria escape room sobre mitologia grega para estimular o raciocínio lógico dos estudantes

EMEF cria escape room sobre mitologia grega para estimular o raciocínio lógico dos estudantes

Publicado em: 02/12/2022 1h47 - em Secretaria Municipal de Educação

foto ilustrativa de estágio

Prática de estágio em escola municipal é reconhecida pela Prefeitura de São Paulo

Publicado em: 02/12/2022 12h18 - em Diretoria Regional de Educação São Mateus

Educador Em Destaque

SME homenageia e premia professores da Rede Municipal no Educador em Destaque 2022

Publicado em: 01/12/2022 4h25 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.301