Notícias

Alunos do CIEJA Clóvis Caiano Miquelazzo produzem jogo que explora problemas e soluções para o bairro

Projeto realizado após pesquisa com moradores e lideranças do Parque Bristol

Publicado em: 16/01/2017 17h29 | Atualizado em: 30/11/2020
alunos_do_CIEJA_clovis_caitano_miquelazzo_produzem_jogo_740_x_430.jpg

Os alunos do Centro Integrado de Educação de Jovens e Adultos (CIEJA) Clóvis Caitano Miquelazzo, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Ipiranga desenvolveu, no final de 2016, o jogo de tabuleiro Sociedade e Política. Ele foi elaborado como uma forma de registrar e avaliar o processo de aprendizagem durante o projeto do 2º semestre da escola, do qual herdou o nome.

O jogo se originou do trabalho feito pelos módulos IV – 8º e 9º anos – acerca dos problemas nas áreas de cultura, saúde, educação e habitação existentes no bairro onde se localiza o CIEJA, o Parque Bristol. Segundo Ewerton Menezes, Assistente Pedagógico e Educacional do CIEJA e integrante da equipe de construção do jogo, além de discutir sobre essas questões com os educandos, o projeto procurou, ainda, instigar nos alunos a busca por soluções para os problemas encontrados.

Foram feitas pesquisas com moradores do bairro, entrevistas com lideranças locais e agentes públicos e a retomada de textos dos educandos de 2015, nos quais eles abordaram formas de melhorar a qualidade de vida no bairro onde moram. A partir dessas informações, os grupos de alunos foram divididos em quatro áreas – Lazer, Cultura e Esporte; Saúde; Educação e Infraestrutura Urbana – apresentando problemas, causas, consequências e possíveis soluções para cada uma delas.

A partir desse processo foi construído o jogo, constituído por um tabuleiro com nove quadrantes que representam cada uma das nove regiões do bairro. Cada quadrante recebe duas transparências onde estão escritos possíveis problemas das quatro áreas estudadas e o time, composto por quatro jogadores, precisa resolver os problemas do território.

Intitulados no jogo de “líderes comunitários”, os alunos precisam combinar cartas de políticas públicas com cartas de agentes políticos e mobilizar os moradores para que reivindiquem e cobrem as soluções. Esses moradores são representados por marcadores, adquiridos quando os jogadores lançam os dados em suas rodadas. O grupo que, coletivamente, conseguir resolver todos os problemas do território, é o ganhador.

Nas aulas de arte, os alunos produziram artesanalmente as peças do jogo, o tabuleiro e as cartas. Ele será disponibilizado, em 2017, para outras turmas da escola e outras Unidades Educacionais que queiram usá-lo com os educandos.

Confira a galeria de imagens do jogo de tabuleiro Sociedade e Política.

Notícias Mais Recentes

1 2 3 1.213