Notícias

Alunos de Ensino Fundamental realizam projeto de inclusão com Garrafas Sensoriais

E o que garrafas coloridas e com brilho foram capazes de fazer dentro de uma escola?

Publicado em: 19/06/2019 16h53 | Atualizado em: 30/11/2020

garrafassensoriais_740x430.jpg

Elas foram o motivo de uma sala do Ciclo de Alfabetização, do segundo ano e alunos do Clube da Leitura da E.M.E.F. Cel. PM José Hermínio participarem de uma experiência sensorial incrível.
Na sala do segundo ano A, da Professora Sandra Vieira temos Alice, uma garotinha muito envolvente e autista. Ela participa semanalmente do Atendimento Educacional Especializado com a Professora Iara Viana responsável pela Sala de Recursos Multifuncionais e que acumula cargo como Professora Orientadora de Sala de Leitura.
A Professora Iara em um atendimento trouxe uma garrafa sensorial para despertar na aluna o seu lado lúdico, a curiosidade, autocontrole. A intenção era que Alice pudesse expressar seus sentimentos de forma mais tranquila por meio da observação e dos movimentos dos objetos dentro da garrafa. Ao ver a garrafa, Alice ficou totalmente feliz e levou a garrafa para a sala de aula, querendo mostrar seu novo brinquedo para todos os alunos. Detalhe, ela quase não manifesta contato ou comunica-se com seus amigos de sala. Mas aquele objeto tão especial pra ela deixou- a tão feliz que Alice quis compartilhar a felicidade que estava sentindo aos amigos.

garrafassensoriais_740x430 2.jpg

Então a Professora Iara juntamente com a Professora Sandra tiveram uma ideia brilhante! Por que não fazer uma atividade coletiva em que todos os alunos da sala pudessem construir a sua própria garrafa sensorial? E assim foi feito, a professora da sala de leitura que realiza um trabalho com os alunos do Ciclo Interdisciplinar, 6º E 8º anos chamado Clube da Leitura, convidou os para fazer uma parceria na construção das garrafas.
E no dia 20 de maio de 2019, as garrafas foram produzidas e foi um momento de troca, autoconhecimento, parceria e muita alegria. Alice, não se cabia de tanta felicidade. Agora reconhece seus amigos para se divertirem com as garrafas.
Entendemos com esta atividade coletiva que incluir significa promover e reconhecer o potencial inerente de todo ser humano em sua maior expressão: a diferença. E que qualquer empreendimento que visa à Inclusão só terá bons resultados quando o diferente for aceito como parte indissolúvel do ser humano.
Texto escrito por: Iara Viana dos Santos
Professora Orientadora de Sala de Leitura
Professora de Atendimento Educacional Especializado

garrafassensoriais_740x430 1.jpg

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de estudantes do Imprensa Jovem sentados em um auditório de costas para a fotografia e vendo uma professora a frente com uma tela projetada onde se lê
Fotografia com fundo amarelo e, ao centro, uma mulher em pé vestida com camisa branca e calça jeans segura um computador portátil.

Polos UNICEU oferecem mais de 400 vagas em cursos de especialização

Publicado em: 18/06/2024 4h45 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia em ângulo fechado de duas mãos costurando um tecido lilás.

Inscrições abertas para cursos gratuitos profissionalizantes na zona Leste da capital

Publicado em: 18/06/2024 4h43 - em Secretaria Municipal de Educação

ilustração de 6 jovens. cada um deles está com uma balão de diálogo com bandeiras da
Fotografia mostra grupo de crianças caminhando.

Seguem abertas as inscrições para a 44ª edição do Recreio nas Férias

Publicado em: 18/06/2024 3h20 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.459