Notícias

Aluna da rede municipal ‘toma posse’ como prefeita mirim e recebe as chaves da cidade das mãos de Ricardo Nunes

Incentivador dos grêmios estudantis, prefeito recebeu estudante em seu gabinete no Dia Internacional da Menina e destacou que prioriza o diálogo e o protagonismo estudantil

Publicado em: 16/10/2023 12h22 | Atualizado em: 16/10/2023

Foto de uma estudante Jovem, sentada e sobre a mesa, a descrição Isabela Vitória, Prefeita Mirim da cidade de São Paulo“Comemorar o Dia Internacional da Menina não é apenas uma questão de festividade, mas de reflexão por políticas públicas, de poder ter a participação”, com essas palavras o prefeito Ricardo Nunes deu posse e entregou a chave da cidade à estudante Isabela Vitória Jesus dos Santos, de 13 anos, como prefeita mirim da cidade nesta quarta-feira (11).

Aluna do 7º ano e vice-presidente do Grêmio Malala da EMEF Desembargador Manoel Carlos de Figueiredo Ferraz, Isabela se reuniu com a equipe de secretariado da Prefeitura para “despachar” e encaminhar pedidos e solicitações.

Em sua primeira medida como prefeita, Isabela já mostrou sua preocupação com a zeladoria e determinou a reforma da Praça do Acuri, próximo à Estrada do Alvarenga, na Zona Sul, onde mora. O despacho de Isabela determina que a Subprefeitura de Cidade Ademar faça a revitalização em 20 dias.

“A praça é muito importante para estarmos em família, ter um lugar para aproveitarmos aos finais de semana”, declarou a prefeita após a solenidade da posse ao falar com jornalistas e a Imprensa Jovem, com alunos da EMEF Celso Leite Ribeiro Filho que registraram o evento e fizeram entrevistas.

A ideia do “Prefeito Mirim” é levar alunos da Rede Municipal para vivenciar um pouco as responsabilidades e dificuldades da vida pública. A ação também é mais uma demonstração da administração em priorizar o diálogo e o protagonismo estudantil, por meio do incentivo à formação dos grêmios escolares. Todas as escolas de Ensino Fundamental possuem chapas eleitas.

“Eu comecei a minha vida política dentro de um grêmio estudantil, onde disputava os votos e acabei tendo o meu despertar para a política. É algo muito importante, tanto que fizemos um trabalho para reativar os grêmios nas escolas e hoje já temos em 100% das unidades, tudo para que os alunos possam discutir, conversar sobre melhorias e até mesmo sobre seus bairros”, prefeito.

Neste ano, a Prefeitura dobrou o valor de repasse para os grêmios de R$ 5 mil para R$ 10 mil para cada agremiação. Outra novidade deste ano é que os 578 grêmios eleitos vão receber notebooks da Prefeitura para serem utilizados nas ações escolares.

Foto de uma estudante Jovem, ao fundo, desfocado, o prédio da prefeitura de São Paulo

Pelos direitos das mulheres
Isabela foi escolhida para representar os grêmios e os estudantes da Rede Municipal como primeira prefeita mirim por seu papel de destaque na escola. O grêmio do qual faz parte se chama Malala em homenagem à ativista paquistanesa que foi vítima de um atentado por desafiar o regime em defesa dos direitos das mulheres e do direito à educação e tem relação com as bandeiras que defende, como o direito das mulheres.

“Eu entrei no grêmio no começo do ano, quando montei uma chapa com pessoas que hoje são amigos meus. Não tínhamos muita expectativa, mas fomos eleitos falando sobre a melhoria da alimentação e na parte esportiva”, disse nesta quarta.

O Grêmio Malala foi vencedor do 8º Prêmio de Educação em Direitos Humanos da Secretaria dos Direitos Humanos, com um projeto voltado ao acolhimento pós pandemia e, também, empoderamento feminino por meio da literatura e biografia de Malala Yousafzai.

Isabela é atuante nos projetos Mais Educação “Leituras no meu canto” e “Mediadores de Leitura”, e uma liderança nas frentes de ações coletivas de sua sala, da qual é representante. Além das mulheres, Isabela também atua pela defesa da população LGBTQIA+ e realiza ações antirracistas e contra a intolerância religiosa.

No primeiro semestre, a estudante planejou junto ao grêmio uma ação exclusiva sobre o Maio Laranja, que trata do combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, com protesto e conversas promovidas com o auxílio de psicólogo da Rede Municipal.

O grêmio participa atualmente do Projeto Estudantes em Ação da Controladoria Geral do Município.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia do estande da Sme Expo Favela

Estande da SME na Expo Favela apresenta políticas públicas da Educação

Publicado em: 01/12/2023 5h46 - em Secretaria Municipal de Educação

Uma mulher sentada a frente de uma mesa fala em um microfone, de fundo um telão escrito

SME lança plataforma com dados sobre ações realizadas durante a pandemia

Publicado em: 01/12/2023 2h32 - em Secretaria Municipal de Educação

Arte com fundo azul onde se lê
Ilustração com diversas pessoas de diferentes etnias e o texto Portas Abertas - Português para migrantes
Imagem traz a composição com 4 fotografias que mostram cartazes com informações sobre a cultura hip-hop. Uma das imagens mostra um menino fazem escritas em coloridas de nomes.

EMEF Padre Batista promove sarau com participação de rapper e DJ

Publicado em: 30/11/2023 12h57 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.406