• Ir para Facebook da Secretaria Muncipal de Educação de São Paulo
  • Ir para Instagram da Secretaria Muncipal de Educação de São Paulo
  • Ir para YouTube da Secretaria Muncipal de Educação de São Paulo

Notícias

Gestão e projetos da EMEI Prof. Pedro Álvares Cabral Moraes incentivam a participação das famílias e crianças nas atividades da escola

Diretora da unidade revela a importância do diálogo com a equipe escolar para garantir o atendimento de qualidade

Publicado em: 12/11/2019 18h43 | Atualizado em: 04/12/2020
Uma fotografia do rosto da Diretora da EMEI Pedro Álvares Cabral, Andrea Steinvascher

 

Na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Professor Pedro Álvares Cabral Moraes, localizada na região da Vila Guilherme, pertencente à Diretoria Regional de Educação Jaçanã / Tremembé, uma Diretora, em parceria com a equipe gestora e docente tem feito a diferença na educação das crianças. Andrea Steinvascher, está há cinco anos na unidade, e coordena um espaço educacional que recebe diariamente 230 crianças em período integral.

Além da Diretora Andrea, a equipe gestora é formada pela Assistente de Direção, Tereza Cristina Garcia e a Coordenadora Pedagógica, Milena Martins, o trio tem bom diálogo e afinidade sobre o entendimento da proposta pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, propondo ações de intervenção com a equipe de professoras sobre questões de Identidade e Diversidade.

Uma fotografia com três mulheres, ao lado esquerdo, a assistente de direção, Teresa Garcia, no centro, a diretora Andrea Steinvascher, ao lado direito, a coordenadora pedagógica, Milena Martins.

 

Dentre as atividades realizadas pela equipe escolar, 3 projetos despertam a atenção, a curiosidade e o protagonismo das crianças: Assembleias mirins, Projeto de Educomunicação e oficinas promovidas pelos pais e responsáveis às crianças.

Assembleias Mirins – As assembleias são movimentos democráticos organizados pela equipe gestora e docente com intuito de estimular a participação das crianças para que tenham o direito de opinar, sugerir melhorias nos ambientes e equipamentos da unidade. A ação é dividida em 3 etapas:

Conversa e votação – Cada turma conversa com a sua professora fazendo uma votação sobre quais espaços da escola que elas mais gostam;

Novos questionamentos – A partir do resultado da votação, a professora da turma elabora novas questões para a turma pensar e comunicar, por exemplo: Por que o parque A não é tão legal quanto o parque B? Como podemos melhorá-lo?

Roda de conversa com a equipe gestora – Nesse momento, as crianças tem a oportunidade de falar sobre suas percepções sobre a escola, dando sugestões de melhoria ou compra de algo que acham importante. Cada turma contribui com observações diferentes sobre os espaços. A equipe gestora sugere que as crianças pensem juntas e votem nas sugestões que irão beneficiar toda a escola.

Uma das escolhas aprovadas pelas crianças foi o terraço em volta da árvore, a diretora Andrea pediu que as crianças desenhassem como o terraço deveria ser, com base nos desenhos a escola conseguiu se organizar e atender o pedido das crianças.  Outros pedidos também foram atendidos: carrinho construído para uso na quadra, piscina de bolinhas, cama elástica e estação brinquedoteca.

Projeto de Educomunicação – Após convite da Diretora Andrea, as Professoras de Educação Infantil, Maria Gilvaneide e Andressa Pires, toparam iniciar o projeto intitulado pelas crianças com o nome: “Ouvir e falar, aqui é o nosso lugar”.

O logotipo do projeto também foi desenhado pelas crianças e cada uma pôde votar naquele desenho que melhor iria representar as atividades do projeto, que conta com a participação de todas as crianças da escola com frequência de uma a duas vezes por semana.

No 1º semestre foram trabalhadas questões relacionadas à oralidade, as ações são realizadas em rodas de conversa, alguns temas são discutidos nas aulas, entre eles o projeto Identidade e Diversidade, eixo central das ações planejadas pela escola.

Outro trabalho desenvolvido pela turma foi o Jornal, as pautas escolhidas para compor a primeira edição foram temas trabalhados no primeiro semestre, ações desenvolvidas pela escola e assuntos de interesse das crianças.

Cada turma produziu o seu próprio jornal, a criança poderia fazer um desenho ou escolher uma revista para contar sobre algo de casa ou da escola. Confira matéria publicada no portal. Já no segundo semestre, as crianças aprendem sobre como realizar entrevistas, filmagens, tirar fotos.

Oficinas temáticas – A partir dos indicativos de qualidade da Educação Infantil, a escola levantou a necessidade de aproximar as famílias das atividades que acontecem na escola, partindo dessa necessidade, passou a convidar os pais e responsáveis para irem até a escola em horário de aula para conversar com as turmas sobre suas experiências, profissão, alguns foram além, realizaram contação de histórias, apresentações culturais do seu país de origem, oficina de culinária, aula sobre educação ambiental, outros pintaram junto com as crianças os carrinhos para uso na quadra, participaram de visitas no entorno da unidade.

Para a Diretora Andrea, é importante que a direção acompanhe o pedagógico da unidade, dialogue e tenha afinidade com a equipe gestora e docente, investimento sempre na formação, reflexão e apoio de toda equipe. Dessa forma, algumas metas e caminhos a percorrer ficam claros e conhecidos por todos.

Os trabalhos realizados pela equipe escolar podem ser acompanhados na página da escola.

 

 

 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Prefeitura oferece recuperação das aprendizagens durante as férias

CEUs são polos das atividades de reforço pedagógico, inscrição foi voluntária

Publicado em: 18/01/2021 10h53 - em Secretaria Municipal de Educação

Secretaria de Educação já investiu R$2,7 bilhões para volta às aulas presenciais

Em entrevista coletiva online, o Secretário da Educação Fernando Padula fala sobre as medidas de segurança para o retorno presencial dos alunos.

Publicado em: 14/01/2021 12h32 - em Secretaria Municipal de Educação

AEL comemora 15 anos e ganha edição especial da Revista Magistério

De 2005 a 2020, conheça o percurso da Academia Estudantil de Letras

Publicado em: 12/01/2021 11h46 - em Academia Estudantil de Letras

Diretorias divulgam classificação final de candidatos à contratação como Professor de Educação Infantil

Listas podem ser conferidas nas Diretorias Regionais de Educação ou nos links abaixo

Publicado em: 08/01/2021 5h20 - em Secretaria Municipal de Educação

Classificação prévia de candidatos à contratação como Professor de Educação Infantil é divulgada

Listas podem ser conferidas nas Diretorias Regionais de Educação ou nos links abaixo

Publicado em: 05/01/2021 10h38 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.128