• Ir para Facebook da Secretaria Muncipal de Educação de São Paulo
  • Ir para Instagram da Secretaria Muncipal de Educação de São Paulo
  • Ir para YouTube da Secretaria Muncipal de Educação de São Paulo

Notícias

Fazendo Cinema em Casa – EMEI Borba Gato

Acompanhe o que a unidade fez para fazer parte do prêmio Tomie Ohtake e como foi a participação de estudantes, professores e pais.

Publicado em: 20/10/2021 14h39 | Atualizado em: 29/10/2021

Tudo começou ainda no ano de 2020, durante os primeiros meses de pandemia, em que o ensino era remoto. A Associação Cultural Kinoforum realizou um convite para a EMEI Borba Gato participar de seu festival de cinema. A unidade logo repassou o convite aos pais dos estudantes e contou com a inscrição de 40 interessados, que viriam a ter oficinas online para ensinar e ajudar as crianças a realizar o “cinema em casa”.

As oficinas foram produzidas pelos cineastas Christian Saghaard e Fabiana Sampaio. A partir do aprendizado e do recebimento de kits temáticos para ajudar na vestimenta para os curtas, as crianças usaram os aparelhos celulares para as filmagens, com o desafio de produzir o cinema em casa (veja os resultados aqui).

“Cada kit tinha uma intencionalidade pedagógica”, disse a diretora da EMEI, Priscila Damasceno Arce, dando o exemplo do kit Charles Chaplin, foguete e monstro, entre outros (veja na galeria de imagens abaixo). “Os kits acabaram ensinando técnicas de cinema e áudio visual”, pois ao longo do processo, tiveram a oportunidade de aprender também a fazer maquiagem artística e aprender fatos históricos sobre a ida dos primeiros homens até a Lua. 

Assim que os filmes foram produzidos pelas crianças, os cineastas gostaram tanto que resolveram apresentar o resultado no trigésimo primeiro Festival de Curtas da Kinoforum. O evento contou com a ajuda de professores e da coordenadora da época, Rose Castro, para movimentar a unidade e animar, não só os estudantes, mas também as famílias. Os curtas, feitos todos da casa dos estudantes com a ajuda de pais e parentes, deixaram o sentido literal para trás e representaram também as dificuldades enfrentadas durante o período de pandemia e renderam a participação no festival e posteriormente, a menção no Prêmio Tomie Ohtake. Após a produção e a volta às aulas, os estudantes se reuniram para acompanhar o resultado do próprio projeto:

A diretora Priscila Damasceno Arce deixou claro o desejo da unidade de manter projetos como esse, nos quais trazem ensinamentos nunca antes estudados para as crianças, além de uma nova perspectiva de uso para os celulares, muitas vezes como um obstáculo para o ensino, mas se usado corretamente, uma ferramenta com infinitas possibilidades.

 

Saiba mais sobre o Prêmio Territórios Educativos, realizado pelo Instituto Tomie Ohtake 

Saiba mais sobre a Associação Cultural Kinoforum

Assista ao vídeo “Fazendo Cinema em Casa, edição 20 min” produzido pela EMEI

 

Por Arnaldo Dib


Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Grêmio Malala: saiba como foi criado um dos vencedores do Prêmio em Direitos Humanos

Movimento da EMEF Manoel Carlos de Figueiredo Ferraz leva o nome da ativista paquistanesa que luta pelo direito à educação das meninas

Publicado em: 09/11/2021 11h58 - em DRE Santo Amaro

Fazendo Cinema em Casa – EMEI Borba Gato

Acompanhe o que a unidade fez para fazer parte do prêmio Tomie Ohtake e como foi a participação de estudantes, professores e pais.

Publicado em: 20/10/2021 2h39 - em DRE Santo Amaro

Segunda Semana Antirracista aborda discussões históricas em evento on-line

Ação da DRE Santo Amaro foi realizada na semana passada; reveja as lives de cada dia

Publicado em: 28/06/2021 3h21 - em DRE Santo Amaro

Nerd com Orgulho

Conheça as práticas da EMEF Carlos Augusto de Queiroz Rocha na 6ª Semana do Orgulho Nerd

Publicado em: 04/06/2021 3h37 - em DRE Santo Amaro

10° Semana de Estudo e Leitura

Confira algumas novidades que ocorreram na semana comemorativa em São Paulo

Publicado em: 27/04/2021 5h41 - em DRE Santo Amaro

1 2 3