• Ir para Facebook da Secretaria Muncipal de Educa√ß√£o de S√£o Paulo
  • Ir para Instagram da Secretaria Muncipal de Educa√ß√£o de S√£o Paulo
  • Ir para Twitter da Secretaria Muncipal de Educa√ß√£o de S√£o Paulo
  • Ir para YouTube da Secretaria Muncipal de Educa√ß√£o de S√£o Paulo

Coordenadoria dos Centros Educacionais Unificados – COCEU

A Coordenadoria dos Centros Educacionais Unificados¬† (COCEU) √© o departamento na Secretaria Municipal de Educa√ß√£o, respons√°vel pelo planejamento e execu√ß√£o dos programas e a√ß√Ķes nos CEUs da cidade de S√£o Paulo. Al√©m disso, a COCEU tamb√©m tem a tarefa de desenvolver a√ß√Ķes de educa√ß√£o, cultura, esporte e lazer como forma de aumentar a qualidade social da educa√ß√£o como:

  • A√ß√Ķes de forma√ß√£o continuada dos profissionais que atuam nos CEUs;
  • A√ß√Ķes voltadas √† gest√£o democr√°tica no Sistema Municipal de Ensino, como os Gr√™mios Estudantis e Conselhos de Escola;
  • Programas e a√ß√Ķes voltados √† sa√ļde escolar;
  • Conectar e fortalecer a rede de prote√ß√£o social em aten√ß√£o aos educandos em situa√ß√£o de vulnerabilidade.

Divis√£o de Cultura - DIAC

A Divis√£o de Cultura tem a atribui√ß√£o de formular e implementar os programas e projetos de cidadania cultural e as a√ß√Ķes culturais realizadas nos Centros Educacionais Unificados (CEUs) e nos Centros de Educa√ß√£o e Cultura Ind√≠gena (CECIs), em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura. Al√©m disso, a DIAC √© respons√°vel pela promo√ß√£o das a√ß√Ķes que ampliem a divulga√ß√£o e valoriza√ß√£o das linguagens culturais perif√©ricas.

As atividades art√≠sticas realizadas nos CEUs t√™m o objetivo de ampliar a integra√ß√£o entre a educa√ß√£o e cultura na cidade de S√£o Paulo, bem como as a√ß√Ķes e projetos de difus√£o cultural nos Centros Educacionais Unificados – CEUs. A Programa√ß√£o Cultural nos CEUs promove atividades relacionadas √† arte, tais como literatura, dramaturgia, dan√ßa e m√ļsica, estimulando a cultura de forma√ß√£o de p√ļblico e as produ√ß√Ķes art√≠sticas da comunidade local, assim como dando assist√™ncia e incentivando culturalmente a regi√£o atrav√©s da cultura.

Divis√£o de Esporte, Corpo e Movimento - DIESP

A Secretaria Municipal de Educa√ß√£o implementa, promove e acompanha o esporte em suas diferentes manifesta√ß√Ķes ao longo da sua hist√≥ria como principal elemento de desenvolvimento educacional e da inicia√ß√£o esportiva na cidade.

A Divis√£o de Esporte, Corpo e Movimento ‚Äď DIESP tem as seguintes atribui√ß√Ķes: formular, implementar, acompanhar e avaliar programas e projetos relacionados a movimento humano, esporte, dan√ßa, gin√°stica, jogos e brincadeiras.

As a√ß√Ķes de forma√ß√£o e desenvolvimento da cultura esportiva s√£o realizadas para estudantes, profissionais da SME e comunidade dos CEUs.

A nosso principal a√ß√£o √© a realiza√ß√£o das Olimp√≠adas Estudantis e InterCEUs que anualmente conta com 100 mil participa√ß√Ķes de estudantes das EMEFs e CEUs, competi√ß√£o com 12 modalidades esportivas nas 13 Diretorias Regionais de Ensino.

Para contextualizar o fen√īmeno esporte na educa√ß√£o, s√£o promovidas forma√ß√Ķes de Coordenadores de Esportes, Professores de Educa√ß√£o F√≠sica e Analistas de Informa√ß√Ķes, Cultura e Desporto dos CEUs, com abordagem sociocultural, de aprimoramento t√©cnico pedag√≥gico buscando a reflex√£o da pr√°tica e amplia√ß√£o do olhar. Projetos como CEU Ol√≠mpico, Prata da Casa, Jogos Regionais do Idoso, Esporte Paral√≠mpico, trazem a possibilidade da viv√™ncia da pr√°tica esportiva como direito e importante parceiro educacional.

Divis√£o de Gest√£o Democr√°tica e Programas Intersecretariais - DIGP

A Divis√£o de Gest√£o Democr√°tica e Programas Intersecretariais atua em parceria com outros setores da Secretaria Municipal de Educa√ß√£o, outras Secretarias e Institui√ß√Ķes da Sociedade com o objetivo de melhorar o aprendizado relacionado √† educa√ß√£o em direitos humanos, democracia participativa, cidadania, promo√ß√£o da sa√ļde e bem-estar f√≠sico, mental e social, buscando o desenvolvimento sustent√°vel e da cultura de paz e n√£o viol√™ncia.

Por meio de suas a√ß√Ķes, a DIGP garante o que o Estatuto da Crian√ßa e do Adolescente (ECA) estabelece em seu 4¬ļ artigo, quando destaca que ‚Äú√Č dever […] do poder p√ļblico assegurar, com absoluta prioridade, a efetiva√ß√£o dos direitos referentes √† vida, √† sa√ļde, √† alimenta√ß√£o, √† educa√ß√£o […] √† dignidade, ao respeito, √† liberdade e √† conviv√™ncia familiar e comunit√°ria‚ÄĚ e o que o Curr√≠culo da Cidade orienta, sob a perspectiva de uma Educa√ß√£o Integral concreta que se estende em todos os √Ęmbitos que constituem a vida das crian√ßas, adolescentes e jovens da cidade de S√£o Paulo, no objetivo fundamental de educar, com qualidade, de modo amplo e integral na forma√ß√£o de cidad√£os e cidad√£s.

Conhe√ßa algumas das principais a√ß√Ķes da DIGP:

  • Gr√™mio Estudantil

O Gr√™mio Estudantil √© a representa√ß√£o de todos os estudantes matriculados na respectiva unidade educacional. A implementa√ß√£o dos Gr√™mios Estudantis em todas as Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs), Centro Integrado de Educa√ß√£o de Jovens e Adultos¬† (CIEJAs) e Escolas Municipais de Educa√ß√£o Bil√≠ngue para Surdos (EMEBs) da Rede Municipal de Ensino da Cidade de S√£o Paulo, garante a pr√°tica do protagonismo dos estudantes e sua participa√ß√£o atuante na tomada de decis√Ķes, na pr√°tica de uma gest√£o horizontal e na constru√ß√£o coletiva de uma educa√ß√£o de qualidade e cidad√£ em toda a cidade, considerando suas caracter√≠sticas e necessidades.

O¬†Programa Sa√ļde na Escola¬†(PSE) tem o foco na conex√£o da educa√ß√£o com a sa√ļde, proporcionando melhoria da qualidade de vida da popula√ß√£o brasileira. O principal objetivo √© contribuir para a forma√ß√£o dos estudantes por meio de a√ß√Ķes de promo√ß√£o, preven√ß√£o e aten√ß√£o √† sa√ļde, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crian√ßas e jovens da rede p√ļblica de ensino.

O Programa √© desenvolvido atrav√©s de 12 a√ß√Ķes conforme necessidade e planejamento territorial que s√£o: atualiza√ß√£o vacinal dos estudantes; alimenta√ß√£o saud√°vel e preven√ß√£o da obesidade infantil; a√ß√Ķes de combate ao mosquito Aedes Aegypti; avalia√ß√£o de Sa√ļde Bucal; sa√ļde ocular e sa√ļde auditiva; preven√ß√£o das viol√™ncias e dos acidentes; identifica√ß√£o de sinais de agravos de doen√ßas em elimina√ß√£o; preven√ß√£o ao uso de √°lcool, tabaco, crack e outras drogas; realiza√ß√£o de pr√°ticas corporais, da atividade f√≠sica e do lazer; preven√ß√£o de DST/AIDS e orienta√ß√£o sobre direito sexual e reprodutivo; e promo√ß√£o da cultura de paz, cidadania e direitos humanos.

  • Comiss√£o de Media√ß√£o de Conflitos

A Educa√ß√£o em Direitos Humanos √© um processo de forma√ß√£o que promove reflex√Ķes sobre as experi√™ncias vivenciadas pela popula√ß√£o, sobretudo no universo educacional, com vistas a garantir aos indiv√≠duos viv√™ncias de respeito m√ļtuo.¬† Sendo assim, se faz necess√°rio o exerc√≠cio de pratic√°-la diariamente e √© nesse sentido que as Comiss√Ķes de Media√ß√£o de Conflitos nas Unidades Educacionais da Rede Municipal de Ensino do munic√≠pio de S√£o Paulo t√™m trabalhado, utilizando uma estrat√©gia de pol√≠tica p√ļblica integrada que objetiva √† melhoria das aprendizagens e √† cultura de paz, sendo promovidas em parceria entre a Secretaria Municipal da Educa√ß√£o e o Instituto Vladimir Herzog, por meio do ‚ÄúProjeto Respeitar √© Preciso!‚ÄĚ.

 

  • Programa #Tamojunto

Programa Federal de preven√ß√£o ao uso de √°lcool, tabaco e drogas que busca construir junto aos adolescentes habilidades de vida e recursos espec√≠ficos para que aprendam a lidar com as influ√™ncias sociais, desconstruindo cren√ßas, sustentando-se em reflex√Ķes sobre os contextos de uso e conhecimento sobre drogas e suas consequ√™ncias √† sa√ļde.

 

  • Programa Vis√£o do Futuro

Programa realizado em parceria com a Secretaria Estadual de Educa√ß√£o e Secretaria Municipal da Sa√ļde, ele √© destinado √† preven√ß√£o e recupera√ß√£o da sa√ļde ocular dos estudantes do 1¬ļ ano do Ensino Fundamental da rede p√ļblica municipal e estadual de ensino. Nele, o estudante √© encaminhado gratuitamente √† consulta, atendimento especializado e prescri√ß√£o de √≥culos caso seja necess√°rio. No 2¬ļ ano ele √© reencaminhado para reavalia√ß√£o ocular.

A√á√ēES EM DESTAQUE