Revista Infâncias e Territórios

Revista Infancia

A Revista Infâncias e Territórios é um projeto idealizado pela Equipe DIEI no ano de 2021, a partir da urgência de falarmos sobre Arte e Pedagogia. Mais especificamente sobre a experiência com a arte nas relações, interações e formas de estar e atuar no mundo que tanto dialogam com as infâncias e com os fazeres de educadoras(es).

A Revista Infâncias e Territórios nasce da necessidade de diálogo entre territórios e de experenciarmos a arte nessa conexão. Como os tempos, os espaços, os materiais, as interações e as narrativas cotidianas, presentes em espaços habitados por crianças de 0 a 5 anos, apontados no Currículo da Cidade Educação Infantil, respiram arte? Quais os fazeres de educadores e de gestores impulsionam uma arquitetura que prima pelo belo como direito da criança? Onde está a experiência estética nas vivências infantis?

A sensibilidade com a qual os bebês e as crianças habitam cada canto e cada espaço, transformando-os com sua imaginação e inventividade, exige atenção, observação e pesquisa, muita pesquisa por parte dos adultos que ocupam esses espaços cotidianamente junto a elas. A revista vem como espaço de troca para educadoras(es) ampliarem pesquisa e prática.

Pensamos uma revista como objeto de arte tangível, sensorial e conceitual. É inegociável a relação entre a arte visual, o estado físico e as ideias que constituem essa produção. A Revista Infâncias e Territórios surge como lugar de debate, de aprendizagem e de experiência. Conexões entre escolas, territórios, espaços culturais, artistas, educadoras(es) e crianças. Conexões entre pensamentos, pesquisas e fazeres que não “trabalham arte”, mas que fazem da arte um movimento cotidiano de ser e pertencer.

Periodicidade: quadrimestral (a partir de agosto de 2022)

Objetivo: Publicar as práticas de professoras/es de diferentes territórios, que tragam a dimensão estética como experiência norteadora na organização de tempos, espaços e materialidades na Educação Infantil

Objetivos específicos:

  • apresentar uma publicação que dê visibilidade á estética como um diálogo entre forma e conteúdo;
  • constituir-se como um meio que fortalece a prática pedagógica como pesquisa docente.

Conteúdo: ensaios e artigos escritos tendo o tempo, o espaço e as materialidades como organizadores da prática pedagógica dentro dos eixos temáticos:

  • Experiência do lado de fora, envolvimento com as famílias e/ou comunidade do entorno, equipamentos sociais e/ou culturais;
  • Registro e documentação pedagógica;
  • Processos de transformação de espaços físicos e práticas pedagógicas.

Editorial: Equipe DIEI

Gêneros de texto publicados:

  1. Ensaios;
  2. Artigos.

Somente serão aceitos textos enviados em língua portuguesa – exceto para a sessão “Aqui mundo”.